ARQUIBANCADADESTAQUE

Fluminense perde para o Corinthians fora de casa

Neste domingo (28), o Corinthians venceu o Fluminense por 3 a 0 pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo foi disputado na Neo Química Arena, casa do Timão, na Zona Leste da capital paulista.

O duelo foi marcado pelo amplo domínio alvinegro em praticamente todos os 90 minutos da partida. Intenso, o Timão anulou a criação carioca desde a saída de bola e empilhou chances claras de gol. Wesley marcou duas vezes para o Corinthians e Cacá fechou a conta.

O garoto Wesley, como não poderia ser diferente, deixou o campo como grande destaque da partida. Entre os dois gols marcados na partida, uma pintura, deixando três jogadores para trás e estufando as redes de Fábio, que nada pôde fazer.

O Fluminense, agora, busca recalcular a rota para seu próximo jogo, que será contra o Sampaio Correa, nesta quarta-feira (1), pela Copa do Brasil. No mesmo dia, e pela mesma competição, o Corinthians enfrenta o América de Natal.

António Oliveira optou por fazer várias mudanças na escalação do Corinthians. A mais impactante delas é a ida de Cássio para o banco de reservas – Carlos Miguel iniciou como titular. O time ainda contou com alterações em todos os outros setores do campo.

Em boletim médico, o Corinthians informou que Yuri Alberto está com uma tendinite de bíceps femural da perna esquerda. A opção foi pelo ponta Ángel Romero, deslocado para o comando central do ataque.

Logo nos minutos iniciais da partida, o técnico António Oliveira precisou rever a montagem de seu ataque titular. Escolhido como novidade no sistema, Pedro Henrique acusou dores na coxa e precisou ser substituído de imediato.

A opção do técnico António Oliveira foi por Gustavo Mosquito, que passou a ocupar o lado direito do ataque alvinegro.

O Corinthians teve como principal filosofia de jogo a pressão sobre o portador da bola. O Fluminense, como de praxe, buscou se impor através da posse de bola e das saídas de bola curtas e arriscadas.

Ao menos no primeiro tempo, a ideia de jogo do Corinthians se provou mais eficiente. O Timão anulou completamente as tentativas de criação do Fluminense e, além disso, acumulou diversas oportunidades de gol.

E foi justamente assim que saiu o primeiro tento do Timão. Gustavo Mosquito recuperou a bola na frente da área de ataque e rolou para Wesley. O jovem do Corinthians, bem posicionado, trouxe para a perna direita e chutou para o gol de Fábio.

O segundo gol do Corinthians na Neo Química Arena foi uma verdadeira pintura. E mais uma vez, saiu dos pés do garoto Wesley.

O Corinthians recuperou a posse de bola na intermediária com Hugo, que lançou Wesley à altura da risca do meio-campo. O camisa 36 fez linda jogada individual, driblou três adversários, deixou Felipe Melo no chão e chutou forte, sem chances para Fábio.

O zagueiro Cacá foi o responsável pelo terceiro gol do Corinthians diante do Fluminense. Gol este que, também, foi o seu primeiro vestindo a camisa do clube paulista.

Logo aos 2 minutos do segundo tempo, em falta lateral, Cacá se posicionou no segundo poste, subiu sozinho e apenas deslocou Fábio para deixar o Corinthians ainda mais confortável no marcador.

Corinthians 3×0 Fluminense

Corinthians

Carlos Miguel; Fagner, Félix Torres, Cacá e Hugo (Matheus Bidu); Raniele (Paulinho), Breno Bidon e Rodrigo Garro; Pedro Henrique (Gustavo Mosquito [Matheuzinho]), Wesley e Romero. Técnico: António Oliveira.

Fluminense

Fábio; Guga (Douglas Costa), Manoel, Felipe Melo (Felipe Andrade) e Marcelo (Diogo Barbosa); Martinelli, Lima e Paulo Henrique Ganso (Renato Augusto); Arias, Marquinhos e Cano (Terans). Técnico: Fernando Diniz.

PUBLICIDADE

Motivo: Jogo da 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro
Local: Neo Química Arena, São Paulo
Data e hora: 28 de abril de 2024, às 16h (de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa/SC)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Fifa/MG) e Rafael da Silva Alves (Fifa/RS)
Arbitro de vídeo: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (Fifa/MG)
Gols:
Wesley (39 min 1ºT e 45 min 1ºT) e Cacá (1 min 2ºT), para o Corinthians
Cartões amarelos:
Guga e Marquinhos, do Fluminense
Wesley, Breno Bidon, Gustavo Silva e Rodrigo Garro, do Corinthians
Cartões vermelhos:

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo