NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Vasco perde do Remo e se afasta do G4

Com seis desfalques, o Vasco perdeu para o Clube do Remo por 2×1 na décima oitava rodada da Série B do Brasileirão. A partida, que aconteceu nesta sexta feira (13), no Estádio Baenão, teve o goleiro vascaíno Vanderlei saindo de possível herói a vilão da partida, após ser expulso com o clube carioca em desvantagem no placar. Renan Gorne e Romercio marcaram para o Leão Azul, enquanto o argentino Sarrafiore descontou para o Cruzmaltino. Com o resultado, a equipe do técnico Lisca perdeu a chance de ficar provisoriamente com os mesmos números do vice-líder CRB e ainda pode perder o atual sétimo lugar para as equipes que ainda não jogaram. Já Felipe Conceição, treinador do Remo, e seus comandados pularam uma posição à frente, ficando em décimo segundo lugar. O próximo confronto do Gigante da Colina será contra o Londrina, na quarta feira (18), em casa, pela décima nona rodada.

Primeira etapa de sufoco para o Vascão

Mesmo com muitos desfalques, a maioria no setoe defensivo, o primeiro tempo parecia ser de controle maior do Vasco. Porém, aos 16 minutos, o Remo abriu o placar: Matheus Oliveira deu passe na direita para Erick Flores. Este cruzou para Renan Gorne cabecear sozinho para o gol, com a bola ainda batendo na trave esquerda. No minuto 19, Sarrafiore roubou a bola no campo de ataque e Germán Cano finalizou de longe, levando muito perigo. Aos 27, o Clube do Remo ampliou: cobrança de escanteio com a bola indo na segunda trave e Romercio cabeceando para o fundo das redes. Dois a zero e a defesa vascaína dormindo no jogo. A euforia do Leão Azul durou pouco. Quatro minutos depois, o Vasco diminuiu em lançamento para Léo Jabá, que recebeu dentro da área e escorou para Sarrafiore bater de primeira no cantinho: 2×1.

Aos 35, Igor Fernandes cruzou rasteiro para Erick Flores. Ele girou e bateu rasteiro, obrigando Vanderlei a defender com o pé. Na sequência, em cobrança de escanteio, Romercio cabeceou na trave esquerda e a bola ainda foi em cima de Vanderlei, que afastou no puro reflexo. No minuto 37, Victor Andrade conseguiu arrancar até a esquerda e fazer um cruzamento que levou perigo no gol. Na sequência do lance, Matheus Oliveira tocou para Erick Flores finalizar dentro da área, com Vanderlei fazendo outra grande defesa. Sete minutos depois, em ataque do Vasco, Sarrafiore deu um passe na direita para Germán Cano. O atacante finalizou com desvio da defesa. No lance seguinte, Zeca cruzou e, tanto o defensor Miranda quanto o zagueiro do Remo, desviaram com um toque na bola e fizeram o lance levar perigo. O frenético primeiro tempo ainda deixou para o fim uma chance muito perigosa para o terceiro gol do Remo: Matheus Oliveira tocou atrás para Thiago Ennes, mas o lateral fez um cruzamento forte demais, com a bola passando por dois jogadores do time que estavam dentro da área para escorar.

Segundo tempo mais truncado

A etapa final não foi tão intensa para os dois times. Com o Cruzmaltino precisando se impor para empatar e o Remo recluso, um lance perigoso veio só aos 12: Sarrafiore cobrou escanteio e Ernando cabeceou à direita do gol adversário, levando perigo. Aos 22 do segundo tempo, em lançamento para Renan Gorne, o goleiro Vanderlei tentou sair para afastar a bola. Porém, ela subiu mais do que ele calculou, tendo que tocar com a mão fora da área. Expulsão direita e um a menos no time. Mesmo na desvantagem, o Gigante da Colina tentava pressionar e deixou os últimos minutos intensos. No último lance, o goleiro Halls, que entrou no segundo tempo, foi para a área tentar se consagrar no cruzamento de escanteio, mas a bola passou por todos e o juiz apitou o fim da partida logo depois.

Ficha Técnica

Remo x Vasco

Gols: Renan Gorne (REM 16/1T), Romercio (REM 27/1T) e Sarrafiore (VAS 31/1T)

Cartão amarelo: Zeca (VAS 12/1T), MT (VAS 20/2T), Victor Andrade (REM 44/2T) e Pingo (REM 50/2T)

Cartão vermelho: Vanderlei (VAS 22/2T)

Horário: 21h30

Local: Estádio Baenão

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo (SP)

Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

Remo:

Vinícius; Thiago Ennes, Romercio, Kevem e Igor Fernandes; Anderson Uchôa; Matheus Oliveira (Lucas Tocantins 15/2T), Erick Flores (Pingo 29/2T), Victor Andrade e Arthur Santos (Marlon 38/2T) Renan Gorne (Jefferson 39/2T).

Vasco:

Vanderlei; Zeca, Ernando, Miranda e MT (Cayo Tenório 22/2T); Rômulo, Andrey (Caio Lopes 37/2T) e Juninho (Figueiredo 00/2T); Léo Jabá, Sarrafiore (Halls 24/2T) e Germán Cano (Gabriel Pec 24/2T).

 

%d blogueiros gostam disto: