Estado

Tarifas do MetrôRio ficam mais caras a partir deste sábado

Os passageiros vão pagar mais caro nas tarifas das linhas 1, 2 e 4 do MetrôRio a partir deste sábado (2). O valor cobrado será de R$ 6,50, R$ 0,70 a mais que a tarifa atual. Em fevereiro, o Conselho Diretor da Agetransp, em sessão regulatória, reconheceu o direito contratual da concessionária de reajustar o valor das passagens para R$ 6,80. No entanto, o governo do Rio e o MetrôRio assinaram, nesta sexta-feira, um acordo que reduz em 30% o valor do reajuste tarifário.

“A diferença residual entre os valores será convertida em investimento na malha metroviária. Cerca de R$ 100 milhões serão destinados para reforçar a qualidade e a segurança da operação, como novos trilhos, subestações de energia, entre outros”, disse o MetrôRio.

O termo aditivo compreende ainda a substituição do índice de reajuste estipulado em contrato. Assim, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) será adotado nas próximas revisões em vez do Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M). O objetivo é reduzir o percentual de reajuste da tarifa nos próximos anos, uma vez que o IGP-M tem acumulado altas expressivas em razão da inflação.

O reajuste da tarifa, baseado no IGP-M, referente ao período de fevereiro de 2021 a janeiro de 2022, está previsto no contrato de concessão realizado entre o Governo do Estado e a Concessionária MetrôRio.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: