Carnaval QUAL É A BOA

Sapucaí volta a receber ensaios técnicos do Carnaval em janeiro

Os preparativos para o Carnaval 2022 começam a engrenar, após o cancelamento da folia este ano em virtude da pandemia do Coronavírus, a Marquês de Sapucaí terá uma nova infraestrutura para receber os desfiles das Escolas de Samba. O aporte financeiro prometido para a festa na avenida, quanto para os blocos de rua, estão na ordem de R$ 45 milhões em investimentos públicos e privados, segundo os organizadores do maior espetáculo popular do mundo.

A previsão é que, a partir da segunda quinzena de janeiro, sejam retomados os ensaios técnicos, que devem se estender por pelo menos seis fins de semana. Antes, já neste mês de novembro, o Sambódromo começa a ser reformado, conforme informou o Jornal Extra.

As novas instalações passam pela iluminação renovada e melhorias no sistema de drenagem da pista, as obras também contemplam um novo projeto de combate a incêndio.

Além das alterações no sistema de incêndio, o Sambódromo passará por outras melhorias. A última grande intervenção na Marquês de Sapucaí tinha sido feita antes do Carnaval de 2012, quando o setor par foi ampliado, nos preparativos para a Olimpíada, ganhando mais 18,8 mil lugares. A drenagem do lado ímpar, por exemplo, não foi revista. O custo dessa obra está sendo orçado.

Na última quarta-feira (27/10) a prefeitura concluiu uma licitação para fazer intervenções de segurança, com base em Termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Em 2022, a prefeitura volta a fazer repasses às agremiações, com valores e datas dos pagamentos a serem anunciados por Eduardo Paes.

Na Passarela, em três meses, serão gastos R$ 7,3 milhões no novo sistema de combate a incêndios. Estão nos planos hidrantes e portas corta-fogo, entre outras melhorias. Haverá mudanças também nas arquibancadas. Os degraus serão alargados e, os lugares, demarcados, obedecendo a um distanciamento de 50 centímetros entre cada pagante. Apesar da previsão de que as obras terminem no início de fevereiro, a prefeitura diz ser possível obter autorização da corporação para os ensaios técnicos. Uma vistoria será agendada nos próximos dias.

Carnaval de Rua

O investimento para os tradicionais blocos de rua chegará a R$ 38,9 milhões de patrocínio privado, contra R$ 24,7 milhões de 2020 (57% a mais). A Dream Factory, que desde que o modelo foi implantado, em 2010, é responsável pela distribuição de itens como banheiros químicos, agentes de trânsito e ambulâncias, volta a cumprir a função em 2022, com uma oferta maior desses serviços.

A empresa foi a única a apresentar à Riotur proposta para cuidar da infraestrutura da folia fora da Sapucaí. Novamente, atuará em parceria com a Ambev, que terá exclusividade na venda de bebidas nos desfiles. O pré-cadastramento atraiu interessados em botar 506 blocos na rua. Agora, os pedidos passam pelo planejamento da logística de segurança e de trânsito, antes de ser oficializado o calendário de 45 dias em que os cortejos serão autorizados a sair, do fim janeiro ao início de março.

 

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: