Connect with us

Estado

Rodoviários do RJ anunciam paralisação a partir de segunda (29)

Published

on

O Sindicato dos Rodoviários do Rio de Janeiro anunciou, nesta quinta-feira (25), após uma audiência que terminou sem acordo no TRT (Tribunal Regional do Trabalho), a paralisação de motoristas e cobradores de ônibus a partir da próxima segunda (29).

Segundo o presidente do sindicato, Sebastião José, não houve acordo no encontro de negociação ocorrido entre representantes e empresários do setor e a prefeitura: “Infelizmente, os empresários e a prefeitura foram insensíveis em relação a atual situação da categoria.”

Uma assembleia para deliberar sobre a paralisação está marcada para o próximo domingo (28), às 20h, na sede do sindicato, em Rocha Miranda, na zona norte do Rio.

José afirmou que a categoria irá parar por tempo indeterminado: “Já notificamos os órgãos competentes na ata da audiência de hoje, nossa assembleia e a paralisação da categoria a partir de 0h de segunda-feira. Não dá mais para a categoria pagar a conta da total desorganização no transporte de passageiros na cidade.”

Advertisement

De acordo com o presidente, os rodoviários estão há dois anos sem receber reajuste salarial. Além disso, os trabalhadores reclamam das condições de subemprego, salários achatados e falta de benefícios como plano de saúde, cesta básica e ticket alimentação. Nesta semana, duas assembleias foram realizadas na última terça (23) para votar a paralisação.

Em carta aberta divulgada nesta quarta (24), o sindicato anunciou que havia entrado em estado de greve no dia anterior, destacando as reivindicações da classe, que incluem o reajuste dos pagamentos e da cesta básica de acordo com a inflação, além da recontratação de profissionais que foram demitidos sob promessa de serem readmitidos, o que não aconteceu.

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

Estado

Rio amplia exigência de comprovante de vacinação; bar, shopping, salão e táxi passam a solicitar o documento

Transporte por aplicativo, hotéis, pousadas, centros de estética, refeitórios em área coberta também passa a exigir o ‘passaporte da vacina’. Locais que já pediam o comprovante, como academias de ginástica e estádios, continuam a exigir o documento.

Published

on

A Prefeitura do Rio amplia, nesta quinta-feira (2), a exigência de comprovante de vacinação na cidade. A partir de agora, ele será cobrado em mais estabelecimentos.

Passam a exigir o passaporte:

  • bares, lanchonetes, restaurantes e refeitórios (áreas internas ou cobertas);
  • transporte de passageiros por taxímetro ou aplicativo;
  • academias de ginástica, piscinas, centros de treinamento, clubes e vilas olímpicas;
  • estádios e ginásios esportivos;
  • cinemas, teatros, salas de concerto, salões de jogos, circos, recreação infantil e pistas de patinação;
  • boates, casas de espetáculos, festas e eventos em geral;
  • museus, galerias e exposições de arte, aquário, parques de diversões, parques temáticos, parques aquáticos, apresentações e drive-in;
  • conferências, convenções e feiras comerciais;
  • hotéis, pousadas e aluguel por temporada;
  • salões de beleza e centros de estética;
  • shopping centers e centros comerciais.

Os estabelecimentos deverão ser responsáveis pelo controle de cada pessoa em suas dependências mediante a apresentação do comprovante de vacinação com um documento com foto.

A vacinação a ser comprovada deve corresponder à 1ª, 2ª dose ou a dose única, de acordo com o cronograma instituído pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio em relação à idade do indivíduo. No Rio, toda a população de 12 anos ou mais precisa ter tomado a 2ª dose

Comprovação

São considerados documentos válidos para a comprovação da vacinação, de acordo com a prefeitura:

Advertisement
  • Certificado de vacinação disponível na plataforma Conecte SUS;
  • Cartão de vacinação impresso em papel timbrado emitido pela Secretaria Municipal de Saúde do Rio, institutos de pesquisa clínica ou outras instituições governamentais do Brasil ou do exterior.

Continue Reading

Estado

Rio tem primeira suspeita de paciente com a variante Ômicron

Published

on

O secretário municipal de Saúde do Rio, Daniel Soranz, disse nesta quarta-feira que capital já identificou uma paciente com suspeita da variante Ômicron da covid-19. A informação foi divulgada durante um evento da Prefeitura do Rio.
Segundo ele, uma mulher, moradora do Flamengo, na Zona Sul do Rio, chegou à cidade após uma viagem à Joanesburgo, na África do Sul. Ela testou positivo para covid nesta segunda-feira. Agora, uma amostra será analisada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) para confirmar se o caso trata-se de uma infecção da variante Ômicron. A paciente está assintomática.

Em entrevista ao programa Isabele Benito, na Super Rádio Tupi, Soranz afirmou pessoas que tiveram contato a paciente já testaram negativo para a doença. “A gente tem que aguardar o resultado da Fiocruz […] O principal desafio é aumentar a cobertura vacinal. […] Não tem nenhuma indicação que a vacina não proteja contra a Ômicron”, disse o secretário.

Três casos em São Paulo
Nesta quarta-feira, a Secretaria de Saúde de São Paulo identificou o terceiro caso da variante Ômicron no Brasil. O paciente é um passageiro que chegou da Etiópia, de 29 anos e desembarcou em Guarulhos no sábado, 27, quando testou positivo para covid-19.

De acordo com as informações do Estadão Conteúdo, o passageiro está em isolamento domiciliar desde o desembarque, sem sintomas, e sendo acompanhado pela vigilância do município de Guarulhos, local que reside. O homem é vacinado com duas doses do imunizante da Pfizer.

Advertisement

Os dois primeiros casos da variante Ômicron no estado foram confirmados na tarde de terça-feira, 30. Os casos são de um homem de 41 anos e uma mulher de 37, provenientes da África do Sul. Eles desembarcaram no Brasil no dia 23 e fizeram exame antes de embarcar novamente no dia 25. Ambos tiveram resultado positivo em exames de PCR coletados no Aeroporto Internacional de Guarulhos, antes de viagem à África do Sul.

Continue Reading

Estado

Governo do RJ divulga calendário de pagamento do IPVA 2022

Published

on

O imposto pode ser quitado em cota única, na primeira data, ou em três parcelas mensais, iguais e sucessivas.

O desconto de 2022 ainda vai ser divulgado, mas nos últimos 3 anos, 2019, 2020, 2021, : o desconto foi de 3%.

Calendário de pagamento:

Confira abaixo as datas para o parcelamento:

  • Final de placa 0: 21 de janeiro; 21 de fevereiro; 23 de março;
  • Final de placa 1: 24 de janeiro, 23 de fevereiro, 25 de março;
  • Final de placa 2: 25 de janeiro, 24 de fevereiro, 28 de março;
  • Final de placa 3: 26 de janeiro, 25 de fevereiro e 29 de março;
  • Final de placa 4: 27 de janeiro, 3 de março, 4 de abril;
  • Final de placa 5: 28 de janeiro, 4 de março, 5 de abril;
  • Final de placa 6: 31 de janeiro, 7 de março, 6 de abril;
  • Final de placa 7: 1º de fevereiro, 8 de março, 7 de abril;
  • Final de placa 8: 2 de fevereiro, 9 de março, 8 de abril;
  • Final de placa 9: 3 de fevereiro, 10 de março, 11 de abril.

O recolhimento acontece por meio do Guia para Regularização de Débitos (GRD), que pode ser retirado no site da Secretaria de Fazenda do RJ, do Banco Bradesco ou do Portal do IPVA com a apresentação do número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam).

Advertisement
Continue Reading

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

%d blogueiros gostam disto: