Estado

Rio terá chuvas fracas no feriado de amanhã

Vista do Pão de Açúcar com a enseada de Botafogo

O Rio de Janeiro entrou em estágio de mobilização às 3h15 de hoje (14), devido a registros de chuva moderada nas estações de monitoramento do Recreio dos Bandeirantes e da Estrada Grajaú-Jacarepaguá. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura do Rio (COR), houve acumulado de chuva em uma hora de 8,0 mm e 6,2 mm, respectivamente.

O Sistema Alerta Rio indica que há núcleos de chuva atuando em vários pontos da cidade, por causa da chegada de uma frente fria, principalmente nas regiões do Recreio e de Jacarepaguá, com deslocamento lento. A previsão é de chuva fraca a moderada pela manhã e pancadas de chuva a partir da tarde, acompanhadas de raios e rajadas de vento moderado a forte, que podem chegar a 76 km/h. As temperaturas devem cair para mínima de 21°C e máxima de 29°C.

Feriado

Amanhã (15), permanece o tempo instável na cidade. Ventos úmidos do oceano manterão a nebulosidade elevada com chuva fraca a moderada durante a madrugada e pela manhã. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as temperaturas podem cair para 18ºC, com máxima de 24ºC.

A estimativa do Alerta Rio é que a precipitação chegue a 15 mm ao longo do dia. Todo o estado do Rio de Janeiro está na região do alerta para chuvas intensas emitido pelo Inmet. A Marinha também emitiu um aviso de ressaca, com alerta para formação de ondas de até 2,5 metros de altura na orla da cidade das 21h de hoje até as 21h de amanhã.

No sábado (16), o tempo começa a melhorar, com previsão de céu nublado a parcialmente nublado, chuvisco e chuva fraca isolada na madrugada, mas as temperaturas continuam em queda, com mínima de 16ºC e máxima de 24ºC. Para o domingo, o Alerta Rio informa que haverá redução da nebulosidade e não há previsão de chuva na cidade. A temperatura fica entre 16ºC e 27ºC.

Celebrações

As chuvas podem atrapalhar as celebrações da Semana Santa programadas pela Arquidiocese do Rio. Para hoje, o arcebispo dom Orani João Tempesta celebra, na Catedral Metropolitana, a Missa do Crisma, às 9h, e a Missa da Ceia do Senhor, com o rito do lava-pés, às 18h. Na cerimônia, o arcebispo lavará os pés de seis professores e seis professoras, recordando a Campanha da Fraternidade 2022, da Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), que aborda o tema da educação.

Amanhã, Sexta-Feira da Paixão, a cerimônia na Catedral começa às 15h, com a solene liturgia da Paixão de Nosso Senhor Jesus Cristo, seguida de procissão até os Arcos da Lapa, onde o Auto da Paixão de Cristo tem início previsto para 18h30.

No sábado de aleluia, será feita a Vigília Pascal no Seminário São José, no Rio Comprido, com o Ofício das Leituras às 9h; e na Catedral Metropolitana haverá a Solene Vigília Pascal, às 18h. A missa da Ressurreição de Jesus será celebrada na Catedral às 10h do domingo (17).

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: