QUAL É A BOA Rádio

Rádio Tupi demite Anthony Garotinho via WhatsApp

Anthony Garotinho usou as redes sociais no início da tarde desta quinta-feira (19) para informar que foi demitido da Rádio Tupi por telefone, precisamente por WhatsApp. O comunicador, que é pré-candidato a governador do estado do RJ, acusou o governador Cláudio Castro de ter “pedido sua cabeça” à direção da emissora.

“Ontem, vocês viram que eu anunciei minha pré-candidatura ao governo do estado do RJ. E eu disse: vão começar as perseguições. E não é que o governador Cláudio Castro agiu da mesma maneira que o Sérgio Cabral agiu em relação a mim. Ele pressionou a Rádio Tupi para que a emissora tirasse, já a partir deste sábado, meu programa do ar. Eu lamento profundamente duas coisas. Primeiro, que o governador demonstra que está com medo da minha candidatura. Eu que sou pré-candidato, a menos de 24h, estou iniciando uma jornada muito difícil, cheia de obstáculos e dificuldades. E, segundo, lamento mais ainda, porque esta é a minha profissão”, disse em um vídeo publicado nas redes sociais. O conteúdo pode ser visto no fim desta nota.

Garotinho informou que não poderá se despedir no ar, finalizando mais uma passagem pela emissora no último sábado (14). Ele alega ter sido dispensado pelo WhatsApp pela direção da Tupi:

“[…] Ainda bem que eu tenho a conversa de WhatsApp minha com o presidente [Josemar Giménez], onde eu pergunto a ele porque não vai ser cumprida a data… a data para que eles [candidatos] deixem seus programas é 30 de junho”, ponderou Garotinho.

“Digo a vocês, fui tirado do ar covardemente. Sem nenhuma explicação, por um WhatApp. Mas Deus é grande, e fará justiça na hora certa”, concluiu.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: