EM BRASÍLIA

PSB oficializa indicação de Alckmin para vice na chapa de Lula

O PSB oficializou nesta sexta-feira (8) a indicação do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin para vice na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleição presidencial de 2022. O evento ocorreu em um hotel na zona sul de São Paulo e contou com a presença do presidente do PSB, Carlos Siqueira, da presidente do PT, Gleisi Hoffmann, e de representantes de outros partidos de esquerda, como PSOL e PCdoB.

O ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT) e o ex-governador do estado Marcio França (PSB), que desempenharam papéis importantes na articulação dessa aliança, também marcaram presença. Ambos são cotados como candidatos ao governo do estado, maior colégio eleitoral do Brasil, e podem vir a se enfrentar na disputa eleitoral.

No evento, o PSB entregou uma carta ao PT. “Não temos qualquer dúvida de que é o companheiro Lula quem reúne as melhores condições para articular forças políticas amplas, capazes de dar à resistência democrática a envergadura que permitirá enfrentar e vencer o bolsonarismo”, diz um trecho do documento.

Alckmin afirmou no evento que o momento é de “generosidade, grandeza política, desprendimento e união”. Em seguida, Lula disse que a “missão de recuperar o país” talvez seja mais difícil do que ganhar as eleições.

Agora que recebeu oficialmente a indicação de Alckmin, o PT precisa aprová-la em um procedimento interno. A aliança entre os dois políticos — antigos rivais nas eleições de 2006 — vinha sendo discutida desde 2021. Em dezembro, Alckmin deixou o PSDB, partido que ajudou a fundar, pensando na aliança. Após o avanço das conversas, filiou-se ao PSB em março.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: