Niterói

Prefeitura de Niterói planeja entregar novo IACS até meados de 2022

Nova sede do Instituto deve receber alunos já no segundo semestre do ano que vem

A Prefeitura de Niterói planeja concluir, até meados de 2022, as obras do novo Instituto de Artes e Comunicação Social (IACS) da Universidade Federal Fluminense (UFF), no Campus do Gragoatá. Com projeto orçado em R$ 28 milhões, a sede do IACS contará com 110 salas interligadas e divididas em blocos de salas de aula, além de anfiteatro, pátio e sala de exposição. A intervenção, viabilizada através de parceria entre a Prefeitura e a universidade, está seguindo o projeto elaborado pela Empresa Municipal de Moradia Urbanização e Saneamento (Emusa).

O Instituto de Artes e Comunicação Social foi fundado em 1968, tem cinco departamentos e aproximadamente 3.500 alunos. Aproximadamente 50% da obra do novo IACS será concluída até o final deste ano. O planejamento é que os novos prédios já possam receber alunos para o segundo semestre do ano que vem. O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou que o novo IACS é mais uma junção de forças entre a Prefeitura de Niterói e a UFF, para que a cidade se beneficie.

“A construção da nova sede reforça Niterói como uma cidade que forma profissionais na área do audiovisual e da comunicação, e permite a ampliação da capacidade de formação, qualificação de serviços e acolhimento ainda maior e melhor aos alunos. Concomitante a isso, estamos aqui gerando emprego e renda, com cerca de 100 pessoas envolvidas nessa obra. É uma iniciativa muito estratégica”, afirmou.

O reitor da universidade, Antonio Claudio Lucas da Nóbrega, lembrou que o IACS forma profissionais que dão retorno para o município.

“O IACS não somente forma alunos, mas também tem uma relação com o desenvolvimento econômico e social da cidade, com geração de emprego e renda. Foram muitos de espera por um novo prédio para o Instituto, porque a universidade não recebia recursos para investimentos em grandes obras. A cooperação entre a UFF e o município viabiliza a realização desse sonho que ficou tanto tempo congelado”, comentou.

Na nova sede, ficarão abrigados os cursos de Graduação em Arquivologia, Artes, Biblioteconomia e Documentação, Cinema e Audiovisual, Comunicação Social, Estudos de Mídia, Jornalismo, Produção Cultural, e de Pós-Graduação em Ciências da Informação, Cinema e Audiovisual, Comunicação, Cultura e Territorialidades, Mídia e Cotidiano e Estudos Contemporâneos das Artes. De acordo com a diretora do IACS, Flávia Clemente, o primeiro projeto de obras para o novo prédio é de 1985.

“O novo IACS era um projeto muito aguardado e será um ganho muito importante para a comunidade acadêmica, que terá aqui um espaço adequado de estudos. O IACS tem uma relação de importância para a cidade, assim como a cidade tem para o IACS. A universidade é de todos”, pontuou.

O projeto dos novos prédios, elaborado pela comunidade do instituto, foi mantido para a construção de onze edifícios interligados com bibliotecas, laboratórios, salas de aulas e espaço de convivência.

%d blogueiros gostam disto: