Connect with us

Niterói

Prefeito em exercício sanciona lei que altera cor dos táxis em Niterói

Published

on

O prefeito em exercício de Niterói, Paulo Bagueira, sancionou na manhã desta sexta-feira (12) a lei que determina que os novos táxis no município tenham a cor preta, em substituição ao tradicional azul. A medida atende a uma antiga reivindicação da categoria que, através do Sindicato dos Taxistas de Niterói (SindTaxi), pedia a alteração da cor para garantir que os trabalhadores pudessem economizar.

Bagueira destacou que essa lei é fruto de um projeto conjunto envolvendo a Prefeitura, a Câmara de Vereadores e a categoria dos taxistas da cidade de Niterói.

“Estamos trabalhando em conjunto com a categoria pela melhoria e modernização dessa atividade crucial no município.  Em breve, o poder público anunciará novas medidas que vão ao encontro do que deseja a categoria e, principalmente, oferecendo mais conforto à população usuária do serviço de táxi”, disse o prefeito em exercício.

A cor ‘azul báltico’ não existe de fábrica, o que fazia com que os taxistas precisassem pintar o veículo, o que gerava uma despesa que variava de R$1.500 a R$3 mil. Já o preto, especialmente na cor ouro negro@70, tem a vantagem de ser oferecida por todas as montadoras de veículos.

Advertisement

O taxista terá 10 anos para se adaptar nessa troca e o tempo é justamente o que a prefeitura de Niterói exige como tempo de vida útil para o ‘carro da praça’. De acordo com o SindTaxi, existem 1.906 taxistas na cidade. A lei foi sancionada na presença do vereador Andrigo de Carvalho, líder do governo na Câmara e autor do projeto, da vereadora Walkiria Nichteroy, do vereador Folha e do secretário Geral do SindTaxi, Rodrigo Lopes.

Andrigo comemorou lembrando que, a medida, representa um enquadramento do município com a dinâmica das cores disponíveis no mercado automobilístico:

“Sem contar os detalhes do veículo e a eventual desvalorização no mercado consumidor. Uma grande conquista para a classe dos taxistas de nossa cidade”.

Niterói

Economia Solidária é aposta na Retomada Econômica da cidade

Published

on

Segundo o secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Elton Teixeira, esses cadastros refletem a entrada de novos trabalhadores que buscam na economia solidária sua forma de produção e sustento.

“A retomada econômica em Niterói passa pelo incentivo à economia solidária. Nos últimos meses, tivemos uma grande procura na Casa Paul Singer por artesãos que querem participar das feiras do Circuito Arariboia. Além disso, estamos cadastrando trabalhadores e comerciantes para receber a Moeda Social que vai passar a circular na cidade a partir do fim do mês”, destaca o secretário.

O Circuito Arariboia é gerido pela SMASES em cogestão com o Fórum de Economia Solidária de Niterói e é composto de quatro feiras que ficam localizadas no Centro, Icaraí e Itaipu. No Centro, a feira funciona ao lado do Terminal João Goulart, na Avenida Visconde do Rio Branco. A feira acontece de forma quinzenal, às quintas-feiras. São diversas barracas com produtos artesanais, trabalhos manuais, produtos orgânicos e arte popular. A de Itaipu fica na Praça das Amendoeiras e ocorre aos sábados, próximo ao ponto final do ônibus 38 e a da Praça Dom Navarro, na Ary Parreiras (Icaraí), sempre às sextas. As feiras acontecem das 8h às 18h, com exceção a do Campo de São Bento que começa às 7h e vai até às 14h, todos os sábados do mês. Mais informações sobre a programação das feiras pelo telefone 2717-8350 ou através do e-mail coordenaecosol@gmail.com.

O coordenador de Economia Solidária, Maicon Carlos reforça que “o cadastro serve, não apenas para serem identificados e atendidos pelo governo, mas como forma de entrada nas feiras do Circuito Arariboia, onde podem realizar o escoamento de sua produção”. Ele disse ainda que “a Coordenadoria de Economia Solidária solicitou autorização para a realização das feiras do Circuito Arariboia em dez novos espaços na cidade de Niterói e planeja aumentar a garantia de estrutura

Advertisement

Continue Reading

Niterói

Covid-19: Niterói antecipa calendário de vacinação das crianças de 05 a 11 anos

Published

on

A Prefeitura de Niterói vai acelerar, a partir desta terça-feira (18), a vacinação contra Covid-19 em crianças. Amanhã e quarta-feira (19), todos os jovens entre 05 e 11 anos de idade com comorbidade ou deficiência permanente já poderão tomar a primeira dose do imunizante. Na quinta (20) e sexta-feira (21), as demais crianças de 11 anos poderão se vacinar. Nesta segunda-feira (17), primeiro dia de vacinação desta faixa etária, foram vacinadas as 83 primeiras crianças da cidade contra a Covid-19.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, lembrou que a vacina da Pfizer, que está sendo aplicada nas crianças, foi aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Ele ainda defendeu que a imunização é fundamental para proteger as crianças niteroienses.

“Desde o início da pandemia, Niterói não mede esforços para vacinar a população, mantendo o trabalho intenso dos profissionais de Saúde, incansáveis nesta guerra contra a Covid-19. Proteger os pequenos é um passo muito importante para vencermos essa pandemia. Essas crianças, tão jovens, já estão dando um lindo exemplo de cidadania e cuidado”, comentou.

O município vai receber uma nova remessa de doses da vacina, o que vai possibilitar agilizar o calendário para os próximos dias. Para este grupo, a imunização segue em três unidades de saúde: policlínicas do Vital Brazil, Engenhoca e Itaipu. A testagem para Covid-19 que acontecia nestes três locais foi remanejada para novos postos.

Advertisement

O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, explicou que para ser vacinada a criança tem que estar acompanhada de um responsável legal que deverá estar de posse da carteira de vacinação da criança. Ele ainda ressaltou que o calendário é ajustado de acordo com as doses recebidas pelo Ministério da Saúde.

“Esse é um momento importante. Hoje aplicamos a primeira dose em 83 crianças com comorbidade ou deficiência, um grupo ainda mais vulnerável à Covid-19. Para esta terça, vamos ampliar a faixa etária que pode se vacinar para acelerar a imunização em Niterói e proteger nossas crianças o mais rápido possível”, disse.

A pequena Alice Freire, de 11 anos, foi a primeira criança a se vacinar em Niterói. A jovem tomou a sua dose na Policlínica Dr. Sérgio Arouca, no Vital Brazil. Raylana de Souza, mãe da Alice, falou sobre a sensação de ver sua filha vacinada.

“Estou muito feliz, é uma evolução porque estamos no caminho certo, as crianças estão animadas pois fazem parte da sociedade, estão vendo o que está acontecendo no mundo com a pandemia e precisam ser incluídas nesse espaço. Muito importante que os pais tragam seus filhos para se vacinarem’’, disse Raylan

Alicia Nunes, de 11 anos, também recebeu a vacina contra a covid-19. Para a mãe, Claudiana Ferreira, é uma sensação de vitória ver a filha se vacinando.

Advertisement

“É uma emoção muito grande ver minha filha se vacinando, a gente estava esperando tanto por esse momento. Eu já tomei a primeira e segunda dose e ter ela vacinada traz um conforto também”, relatou Claudiana.

Para receber a dose da vacina não é exigido qualquer tipo de prescrição médica solicitando a vacinação, apenas o laudo médico para as crianças com comorbidade e deficiência permanente. No ato da imunização é necessária a presença do responsável legal.

Para receber o imunizante, as crianças precisam ter intervalo de 15 dias de qualquer vacina. A estimativa do município é vacinar mais de 38 mil crianças nessa faixa etária. A vacinação deste grupo acontece na Policlínica Sérgio Arouca (Vital Brazil), Policlínica Regional de Itaipu e Policlínica Regional Dr. Renato Silva (Engenhoca). A imunização está disponível de segunda a sexta-feira, das 08h às 17h, com entrada até 16h. A testagem para Covid-19 que acontecia nestes locais foi remanejada para Praça Vital Brazil, Capela Divino Espírito Santo (Engenhoca) e Igreja Lagoinha (Piratininga).

Em 16 de dezembro de 2021, foi aprovado pela Anvisa a administração da vacina Pfizer contra a Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos. Esse é o único imunobiológico autorizado no Brasil para vacinação de pessoas a partir de 12 anos. Mais de 39 países vacinam crianças contra a Covid-19 e, só nos EUA, mais de 5 milhões de crianças já foram vacinadas. Além disso, a OPAS/OMS já ratificou a importância do Brasil iniciar o quanto antes a vacinação das crianças a partir de 5 anos. Segundo o Ministério da Saúde, o imunizante para essa população chega ao país na segunda quinzena de janeiro.

Em nota técnica, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) explicou que as crianças também adoecem por Covid-19, são veículos de transmissão do vírus e podem desenvolver formas graves e até evoluírem para o óbito. De acordo com a Fiocruz, a vacinação de crianças vai reduzir formas graves e óbitos pela doença nessa faixa etária, além de colaborar com a redução das transmissões e ser uma das mais importantes estratégias para o retorno e manutenção segura das atividades escolares presenciais.

Advertisement

CONFIRA O CALENDÁRIO:

Crianças com comorbidades e deficiências permanentes

18/01 – 5 a 11 anos

19/01 – 5 a 11 anos

Demais Crianças

Advertisement

20 e 21/01 – a partir de 11 anos

24 e 25/01 – a partir de 10 anos

26 e 27/01 – a partir de 9 anos

28/01 – repescagem

31/01 e 01/02 – a partir de 8 anos

Advertisement

02 e 03/02 – a partir de 7 anos

04/02 – repescagem

07 e 08/02 – a partir de 6 anos

09 e 10/02 – a partir de 5 anos

11/02 – repescagem

Advertisement

ENDEREÇOS DE VACINAÇÃO DE CRIANÇAS

– Policlínica Regional Doutor Renato Silva – Avenida João Brasil, s/nº, Engenhoca.

– Policlínica Sérgio Arouca – Rua Vital Brazil Filho, s/nº – Vital Brazil.

– Policlínica Regional de Itaipu – Avenida Irene Lopes Sodré – Itaipu.

DOCUMENTAÇÃO

Advertisement

Carteira de vacinação da criança
Identidade ou certidão de nascimento
CPF ou cartão SUS
Comprovante de residência do representante legal
Laudo médico indicando condição clínica (comorbidades e deficiência permanente)

Continue Reading

Niterói

Niterói altera pontos de testagem para Covid-19

Published

on

A Prefeitura de Niterói remaneja, a partir de hoje, segunda-feira (17), os locais de dois pontos de testagem para Covid-19 no município. A Praça do Vital Brazil e a Igreja Lagoinha de Piratininga substituirão as policlínicas do Vital Brazil e de Itaipu, que serão pontos de vacinação para as crianças de 05 a 11 anos de idade. A policlínica da Engenhoca também será unidade de vacinação para esta faixa etária. Na região, os testes estão sendo realizados na Capela Divino Espírito Santo.

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informou que segue disponibilizando 55 pontos de testagem para Covid-19. No drive-thru no Campus da UFF, o atendimento é feito apenas com agendamento prévio pelo aplicativo Dados do Bem. Nas outras unidades, há testagem por demanda espontânea. Em todas as unidades, a testagem está acontecendo de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h (aberto ao público até às 16h). No drive, também há testagem aos sábado, das 8h às 12h (aberto ao público até às 11h).

LOCAIS DE TESTAGEM EM NITERÓI
Policlínicas: Dr. Carlos Antônio da Silva, São Lourenço; Dr. Guilherme Taylor March, Fonseca; Dr. Francisco da Cruz Nunes, Largo da Batalha; Dr. João da Silva Vizella, Barreto e Policlínica de Piratininga.

Unidades Básicas de Saúde (UBS): Centro, Morro do Estado, Santa Bárbara.

Advertisement

Continue Reading

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

%d blogueiros gostam disto: