NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

PF faz buscas contra Sérgio Reis e deputado Otoni de Paula

A PF (Polícia Federal) executa na manhã desta 6ª feira (20.ago.2021) mandados de busca e apreensão expedidos pelo ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes. Entre os alvos estão o deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ) e o cantor Sérgio Reis.

Os mandatos atendem a pedido da PGR (Procuradoria Geral da República), que investiga manifestações contra as instituições.

Segundo a PF, os mandados estão sendo cumpridos no Distrito Federal (1) e nos Estados de Santa Catarina (6), São Paulo (2), Rio de Janeiro (1), Mato Grosso (1), Ceará (1) e Paraná (1).

“O objetivo das medidas é apurar o eventual cometimento do crime de incitar a população, através das redes sociais, a praticar atos violentos e ameaçadores contra a Democracia, o Estado de Direito e suas Instituições, bem como contra os membros dos Poderes”, declarou a PF, em nota.

No domingo (15.ago), Sérgio Reis divulgou áudio afirmando que organizará um movimento em 8 de setembro para dar um “ultimato” no presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e obrigá-lo a pautar o impeachment dos ministros do Supremo Roberto Barroso e Alexandre de Moraes. O cantor disse que o país iria “parar” até a solicitação ser atendida. Depois do episódio, subprocuradores gerais pediram à PGR a abertura de uma investigação a respeito do caso.

O caso envolvendo o deputado Otoni de Paula é de julho de 2020. Ele foi denunciado pela PGR ao STF por supostos crimes de difamação, injúria e coação em vídeos com ofensas a Alexandre de Moraes.

Nas imagens, o congressista critica o magistrado pela decisão que libertou o blogueiro Oswaldo Eustáquio, mas o proibiu de usar as redes sociais.

Otoni chama Moraes de, entre outras coisas, “lixo”, “tirano” e “canalha”. O deputado se desculpou e afirmou ter “extrapolado”.

Moraes é o relator do inquérito que investiga a organização e financiamento de atos com pautas antidemocráticas. Tanto o deputado quanto o blogueiro são investigados.

 

%d blogueiros gostam disto: