Destaque Estado

Paes confirma fim do passaporte vacinal no Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), confirmou nesta 2ª feira (25.abr.2022) a Secretaria Municipal de Saúde suspenderá a exigência do passaporte da vacina.

A decisão vem depois de recomendação do Comitê Científico da Prefeitura do Rio. O decreto revogando a cobrança deve ser publicado na 3ª feira (26.abr) no Diário Oficial do município.

Desde novembro do ano passado, os cariocas precisam apresentar comprovantes de vacinação com as duas doses ou dose única para ter acesso a locais públicos, como estádios, cinemas, teatros, espaços de shows e museus.
“A proposta foi baseada no atual panorama epidemiológico, que se mantém favorável e estável, e pode ser alterada caso haja mudança neste cenário”, disse a Secretaria Municipal de Saúde, em nota.

Em seu perfil no Twitter, Paes confirmou a suspensão: “Será suspenso o passaporte da vacina por recomendação do Comitê Científico!”, escreveu o prefeito.

Na última Nesta semana, Paes afirmou em seu perfil Twitter que a cidade do Rio aplicará, até maio, a 2ª dose de reforço da vacina contra a covid-19 em pessoas com 60 anos ou mais de idade. Para receber a nova dose, é preciso ter sido imunizado com o primeiro reforço há pelo menos seis meses.

ebc.pngAté agora, a cidade só estava vacinando pessoas com 80 anos, ou mais, e adultos com imunossupressão, que tinham tomado o 1º  reforço há 4 meses.

O novo calendário prevê vacinar pessoas com 70 anos, ou mais, a partir da próxima 2ª feira (27.abr), idosos com 65 anos, ou mais, a partir de 4 de maio e aqueles com 60 anos, ou mais, a partir de 11 de maio.

 

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: