NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Outubro Rosa no Congresso terá audiências, exposições e campanhas solidárias

O Congresso Nacional inaugura, na próxima segunda-feira (4), a programação do Outubro Rosa, que marca o mês da conscientização sobre o câncer de mama. Os eventos se estenderão por todo o mês e incluirão audiências, palestras, exposições, campanhas de doação e exames médicos gratuitos. O Senado também lançará a segunda edição do seu Plano de Equidade de Gênero e Raça.

O início oficial do Outubro Rosa será marcado pela iluminação das torres e das cúpulas do Congresso com a cor-tema da campanha, a partir das 18h de segunda-feira. O rosa simboliza a preocupação com a prevenção, o diagnóstico precoce e o tratamento do câncer de mama.

— A iluminação especial que o Congresso Nacional recebe até o final do mês de outubro é o símbolo do nosso comprometimento com o esforço internacional na luta contra o câncer de mama — destaca a senadora Leila Barros (Cidadania-DF), que comanda a Procuradoria Especial da Mulher.

Eventos

A Secretaria da Mulher da Câmara dos Deputados vai promover audiências públicas em todas as quintas-feiras do mês de outubro, sempre a partir das 15h. Elas irão discutir aspectos do combate ao câncer de mama no Brasil. Todas terão transmissão ao vivo pelos canais de YouTube da Câmara e da Secretaria.

  • 7/10: A importância da navegação de pacientes para a melhoria da atenção ao câncer de mama
  • 14/10: O enfrentamento ao câncer de mama nas jovens mulheres – 18 a 49 anos
  • 21/10: As consequências da pandemia para o diagnóstico e tratamento do câncer de mana e de útero no Brasil
  • 28/10: A aplicabilidade das leis 10.223/200112.802/2013 e 13.770/2018 da reconstrução mamária no Brasil

— É nosso dever contribuir para acolher, orientar e ajudar as mulheres na garantia de seus direitos, no enfrentamento à violência e na ampliação de políticas públicas — afirma a deputada Tereza Nelma (PSDB-AL), da Procuradoria da Mulher da Câmara.

O Congresso também marcará o mês com atividades artísticas, todas promovidas pela Recomeçar – Associação de Mulheres Mastectomizadas de Brasília. Do dia 4 até o dia 29 de outubro, o Espaço Galeria, do Senado, receberá a exposição Simplesmente Amor, com fotografias de mulheres mastectomizadas. Já no dia 19 – data em que se celebra o Dia Internacional de Combate ao Câncer de Mama -, a partir das 18h, o prédio do Congresso receberá projeção de imagens e frases de conscientização sobre a doença.

Solidariedade

A Liga do Bem – entidade formada por servidores e colaboradores do Senado para ações de voluntariado – vai promover durante o mês campanha de arrecadação de cabelos e de acessórios para doação à Rede Feminina de Combate ao Câncer e ao Hospital da Criança de Brasília José Alencar. Os itens poderão ser deixados em caixas localizadas nas entradas principais do Senado e da Câmara. Servidores, parlamentares e também o público externo estão convidados a participar. Salões parceiros realizarão os cortes dos cabelos para doação. Os acessórios aceitos são lenços, bonés, chapéus, perucas, laçarotes e tiaras, entre outros.

O Congresso também promoverá mamografias gratuitas para funcionárias terceirizadas.

Plano

O Senado aproveitará o Outubro Rosa para lançar, no dia 25, a segunda edição do seu Plano de Equidade de Gênero e Raça. Trata-se de um documento que orienta para a promoção de ações de gestão para avanço dessa temática dentro da Casa. O Plano tem duração de dois anos.

A primeira edição do Plano, lançada em 2019 e ainda vigente, traz 28 objetivos distribuídos em cinco eixos: Comunicação, Educação, Cultura Organizacional, Gestão e Saúde. Um grupo de trabalho formado por servidores de vários setores acompanha o cumprimento das metas. Ao final deste ano, esse grupo publicará um relatório avaliando o desempenho do Senado dentro dessas diretrizes e o estado das políticas de igualdade implementadas internamente.

%d blogueiros gostam disto: