Niterói

Operação Papai Noel em Niterói tem atuação conjunta de três forças de segurança

Com o objetivo de aumentar a tranquilidade do comércio e de quem vai às compras neste período de festas natalinas, a Operação Papai Noel, em Niterói, este ano, terá três forças de segurança atuando em conjunto: Guarda Municipal, Polícia Militar e Programa Presente, além da participação de policiais militares financiada pela Prefeitura pelo Programa Estadual de Integração de Segurança (Proeis). A ação começou nesta sexta-feira (26) e vai até 25 de dezembro.

A operação foi elaborada em conjunto e conta com o apoio da Nittrans. O Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp) vai participar com 522 câmeras – que vão monitorar a cidade 24 horas por dia em tempo real – e com 70 câmeras inteligentes, que fazem parte do Cercamento Eletrônico.

A Guarda Municipal vai mobilizar 100 agentes, incluindo os que vão trabalhar, em horários escalonados e em Regime Adicional de Serviço (RAS), no patrulhamento das regiões com maior movimento no comércio.

Mais 120 policiais militares estarão nas ruas, contando os que vão atuar pelo Proeis: os PMs trabalham em horário de folga, com custo pago pela Prefeitura. O efetivo de policiais militares também tem agentes do Programa Segurança Presente, do governo do estado. Cerca de 50 veículos, entre motos, vans e carros, vão dar apoio aos agentes.

As forças de segurança atuarão preventivamente para inibir os pequenos delitos nas áreas de grande circulação de pessoas. O secretário de Ordem Pública de Niterói, Paulo Henrique de Moraes, destacou que a Operação Papai Noel é um reforço necessário para as áreas comerciais da cidade, com um planejamento conjunto nesta época do ano.

“É muito importante que as forças de segurança e órgãos públicos se unam porque serão ações para garantir a tranquilidade e o bem-estar da população. Cada um fará sua parte. A Prefeitura está atuando com a integração de sempre para dar melhores condições aos moradores”, afirmou Paulo Henrique de Moraes.

Durante a Operação Papai Noel, haverá o ordenamento do espaço público de acordo com o Código de Postura. Os agentes vão coibir o comércio ilegal de mercadorias e realizar apreensões quando for necessário. O passeio público será fiscalizado para evitar estacionamento irregular e outras infrações em desacordo com o Código Nacional de Trânsito.

O presidente da Nittrans, Gilson Alves de Souza Júnior, afirmou que vai deslocar agentes em apoio ao trânsito. As vagas serão ampliadas nos centros comerciais para facilitar o acesso às lojas. O tenente-coronel Marcelo Ramos do Carmo, comandante do 12º batalhão da Polícia Militar, explicou que a estratégia é mobilizar equipes em diversos pontos.

“O importante é que estaremos em diversos lugares dando total apoio para quem vai às ruas fazer as compras de Natal. Vamos aumentar a ostensividade de todos os atores que trabalham em segurança, em um esforço integrado para assegurar o ir e vir, e que todas as áreas comerciais tenham reforço”, explicou o comandante.

%d blogueiros gostam disto: