Destaque Niterói

Niterói faz obras de restauração na Ilha da Boa Viagem

A Prefeitura de Niterói segue com as obras de restauração da Ilha da Boa Viagem. Com investimento de R$ 5,5 milhões, um dos mais importantes patrimônios históricos e turísticos da cidade estará de cara nova.

A restauração inclui a Capela Nossa Senhora da Boa Viagem, do Fortim e do Castelo (sede dos escoteiros). Após as intervenções, a Ilha será reaberta para visitação. A recuperação e preservação da Ilha da Boa Viagem faz parte do Plano Niterói 450 anos, um conjunto de ações que prevê investimentos de R$ 2 bilhões em toda a cidade, entre 2022 e 2024. O prefeito de Niterói, Axel Grael, visitou as obras na manhã desta segunda-feira (25).

“A Ilha da Boa Viagem ficou décadas fechada à visitação e agora nós estamos realizando essa grande obra de recuperação para que a população de Niterói e os turistas possam aproveitar esse, que é um dos lugares mais bonitos de Niterói. Daqui é possível ver toda a Baía de Guanabara, a nossa cidade e o MAC, que fica aqui ao lado. Com certeza, será mais uma atração turística. Quero parabenizar toda a equipe de profissionais que estão trabalhando nesta obra de restauração porque é uma obra muito bonita, feita com cuidado e qualidade para que a gente mantenha as características arquitetônicas da Ilha da Boa Viagem. Vamos continuar acompanhando as obras”, disse Axel Grael.

A vistoria foi acompanhada pelo presidente da Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa), Paulo Cesar Carrera, o secretário de Obras de Niterói, Vicente Temperini, a secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa, o secretário municipal das Culturas, Alexandre Santini, presidente da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), Paulo Novaes, e a secretária municipal de Ações Estratégicas e Economia Criativa, Mariana Zorzanelli.

O prazo estimado para conclusão das obras é fevereiro de 2023. O Fortim é o equipamento com as intervenções mais avançadas e será o primeiro a ser finalizado. Já foi executada a recuperação do emboço e está em andamento a recomposição do piso de terracota. Depois, será feita a pintura. Já a Capela recebeu um tratamento para a retirada da infiltração da parede. A troca do telhado foi concluída e a equipe iniciou a limpeza da fachada para o emboço. Também haverá a troca do piso do interior da capela. No Castelo, está sendo realizada a colocação de grampos nas paredes para o reforço das estruturas. Todas as salas de uso dos escoteiros estão sendo restauradas e ainda está em andamento a troca do telhado.

Esse não é o primeiro investimento da Prefeitura de Niterói na Ilha da Boa Viagem. O município fez em 2019, obras de contenção de encostas e melhorias dos acessos da Ilha; e em 2015, reformou a ponte de acesso à Ilha.

Preservação – Como o conjunto arquitetônico da Ilha é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o Município apresentou o projeto de restauração sem descaracterizar o patrimônio histórico. O projeto foi aprovado pelo Iphan e a Prefeitura está realizando a obra com recursos próprios.

A Ilha da Boa Viagem abriga dois monumentos históricos: a Capela de Nossa Senhora da Boa Viagem e o Fortim, ambos do século XVIII. Entre a Segunda Guerra Mundial e o fim da década de 1940, também foram construídas mais duas muralhas, sendo uma delas semelhante a um pequeno castelo. A Ilha conecta-se ao continente por meio de uma ponte de concreto. Tombada como patrimônio natural e histórico, Boa Viagem tem edificações construídas no alto de uma escada de 127 degraus, o que torna o local um destino curioso, cheio de vistas deslumbrantes.

Publicações do autor

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: