NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Niterói avança na educação

A Casa de Avaliação e Formação (CAF), lançada nesta sexta-feira (10), é um equipamento da rede municipal de Educação de Niterói que irá prover dados, análises e subsídios visando a constante melhoria da educação pública do município, transformando práticas pedagógicas e de gestão.

A solenidade de lançamento, realizada na Sala Nelson Pereira dos Santos, em São Domingos, contou com a participação do prefeito Axel Grael, e do reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Antonio Claudio da Nóbrega, instituição que será a principal parceira da CAF.

O novo espaço tem como objetivo potencializar as ações da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação Municipal de Educação de Niterói no apoio à comunidade escolar e no aperfeiçoamento das práticas educacionais da rede. Serão produzidos diagnósticos e subsídios para os planos de ação, através do fortalecimento da cultura de avaliação e de formação continuada dos profissionais.

O prefeito ressaltou a importância da Casa de Avaliação e Formação, que vai acompanhar o desempenho dos estudantes para entender melhor as necessidades da rede municipal de Educação.

“Eu tenho dito que na gestão pública, o avanço é uma corrida sem linha de chegada. Para aperfeiçoar, você precisa medir e monitorar para identificar o que está acontecendo. Esta Casa de Avaliação é essencial justamente neste sentido. É fundamental entendermos onde estamos para podermos avançar, para que a Educação na cidade possa continuar melhorando, agregando avaliação e formação continuada. Educação vai muito além do conteúdo em sala de aula. É investindo na qualidade das escolas, da educação, que a gente muda e melhora a realidade”, destacou Axel Grael.

O Secretário Municipal de Educação, Vinicius Wu, reforçou que identificar o impacto da pandemia sobre a aprendizagem dos alunos está sendo a primeira ação da Casa.

“Através da CAF vamos instituir um novo sistema de avaliação e criar uma estratégia consistente de formação para os nossos profissionais, processo que vai se estender nos próximos anos. Somente avaliando os efeitos da pandemia, principalmente, poderemos planejar de forma consistente o desenvolvimento das políticas educacionais da nossa rede”, afirmou Vinícius Wu.

Os alunos do 3º, 5º e 9º anos estão sendo avaliados a partir da aplicação de uma prova em habilidades de leitura e raciocínio lógico-matemático. Com os resultados, serão desenvolvidas novas estratégias efetivas no apoio às comunidades escolares.

“Niterói enxerga a educação como investimento e é o melhor investimento público que pode ser feito. Nos últimos oito anos, fizemos uma expansão e modernização da rede municipal de ensino. Essas medidas foram muito importantes porque conseguimos reverter uma curva na qualidade do ensino, que estava descendente até 2013. Nosso trabalho continua para fazer chegar a essas crianças um ensino de qualidade. Além disso, temos, agora, uma preocupação de avaliar como o período de pandemia impactou na educação”, disse o presidente da Fundação Municipal de Educação, Fernando Cruz.

A CAF inicia seus trabalhos com um orçamento inicial de R$ 4,7 milhões. A maior parte dos recursos será executada em parceria com a UFF.

“É difícil escolher um tema principal na discussão da sociedade, mas não é difícil colocar a educação entre elas. Estamos intensificando as relações entre a universidade e o município. Tenho certeza que essa união trará resultados viscerais para a população. O ensino baseado em projetos é central, e com o compromisso de fazer acontecer, se traduz em resultados como esta Casa. Niterói está se articulando para produzir uma experiência transformadora”, pontuou o reitor da UFF, Antonio Cláudio da Nóbrega.

A coordenadora da CAF, Bruna Werneck, explicou que neste primeiro ano de atividades, o espaço estará focado em avaliar os impactos da pandemia na aprendizagem das crianças e estudantes da rede.

“Em seguida, vamos oferecer formações que auxiliem as comunidades escolares a superar os enormes desafios. Estamos constituindo comunidades de prática com professores da rede tanto para desenvolver nossos instrumentos avaliativos quanto para promover a formação por pares, completamente inserida na realidade niteroiense”, reforçou Bruna Werneck.

Além do orçamento em parceria com a UFF há, também, uma emenda do deputado federal Chico D’Angelo, que ajudará a custear cursos de formação e processos de avaliação que contribuam para a elevação da qualidade da educação na cidade.

“Esta é uma política inovadora na área da Educação. A Educação é um pilar fundamental. Ver a gestão municipal de Niterói tomar uma medida em um momento grave como este que estamos enfrentando, uma medida inovadora como esta, pensar no futuro, modernizar a gestão, é muito gratificante para quem faz política e mora na cidade. Niterói é referência em várias áreas, na Cultura, na Saúde, na Educação, e tenho certeza que essa gestão, com estas iniciativas que estão sendo adotadas em vários setores, mesmo com a pandemia, trarão resultados muito positivos”, afirmou o deputado.

A CAF está localizada na Rua Visconde do Uruguai, 300, Centro de Niterói.

%d blogueiros gostam disto: