Connect with us

Destaque

Niterói avança na educação

Published

on

A Casa de Avaliação e Formação (CAF), lançada nesta sexta-feira (10), é um equipamento da rede municipal de Educação de Niterói que irá prover dados, análises e subsídios visando a constante melhoria da educação pública do município, transformando práticas pedagógicas e de gestão.

A solenidade de lançamento, realizada na Sala Nelson Pereira dos Santos, em São Domingos, contou com a participação do prefeito Axel Grael, e do reitor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Antonio Claudio da Nóbrega, instituição que será a principal parceira da CAF.

O novo espaço tem como objetivo potencializar as ações da Secretaria Municipal de Educação e da Fundação Municipal de Educação de Niterói no apoio à comunidade escolar e no aperfeiçoamento das práticas educacionais da rede. Serão produzidos diagnósticos e subsídios para os planos de ação, através do fortalecimento da cultura de avaliação e de formação continuada dos profissionais.

O prefeito ressaltou a importância da Casa de Avaliação e Formação, que vai acompanhar o desempenho dos estudantes para entender melhor as necessidades da rede municipal de Educação.

Advertisement

“Eu tenho dito que na gestão pública, o avanço é uma corrida sem linha de chegada. Para aperfeiçoar, você precisa medir e monitorar para identificar o que está acontecendo. Esta Casa de Avaliação é essencial justamente neste sentido. É fundamental entendermos onde estamos para podermos avançar, para que a Educação na cidade possa continuar melhorando, agregando avaliação e formação continuada. Educação vai muito além do conteúdo em sala de aula. É investindo na qualidade das escolas, da educação, que a gente muda e melhora a realidade”, destacou Axel Grael.

O Secretário Municipal de Educação, Vinicius Wu, reforçou que identificar o impacto da pandemia sobre a aprendizagem dos alunos está sendo a primeira ação da Casa.

“Através da CAF vamos instituir um novo sistema de avaliação e criar uma estratégia consistente de formação para os nossos profissionais, processo que vai se estender nos próximos anos. Somente avaliando os efeitos da pandemia, principalmente, poderemos planejar de forma consistente o desenvolvimento das políticas educacionais da nossa rede”, afirmou Vinícius Wu.

Os alunos do 3º, 5º e 9º anos estão sendo avaliados a partir da aplicação de uma prova em habilidades de leitura e raciocínio lógico-matemático. Com os resultados, serão desenvolvidas novas estratégias efetivas no apoio às comunidades escolares.

“Niterói enxerga a educação como investimento e é o melhor investimento público que pode ser feito. Nos últimos oito anos, fizemos uma expansão e modernização da rede municipal de ensino. Essas medidas foram muito importantes porque conseguimos reverter uma curva na qualidade do ensino, que estava descendente até 2013. Nosso trabalho continua para fazer chegar a essas crianças um ensino de qualidade. Além disso, temos, agora, uma preocupação de avaliar como o período de pandemia impactou na educação”, disse o presidente da Fundação Municipal de Educação, Fernando Cruz.

Advertisement

A CAF inicia seus trabalhos com um orçamento inicial de R$ 4,7 milhões. A maior parte dos recursos será executada em parceria com a UFF.

“É difícil escolher um tema principal na discussão da sociedade, mas não é difícil colocar a educação entre elas. Estamos intensificando as relações entre a universidade e o município. Tenho certeza que essa união trará resultados viscerais para a população. O ensino baseado em projetos é central, e com o compromisso de fazer acontecer, se traduz em resultados como esta Casa. Niterói está se articulando para produzir uma experiência transformadora”, pontuou o reitor da UFF, Antonio Cláudio da Nóbrega.

A coordenadora da CAF, Bruna Werneck, explicou que neste primeiro ano de atividades, o espaço estará focado em avaliar os impactos da pandemia na aprendizagem das crianças e estudantes da rede.

“Em seguida, vamos oferecer formações que auxiliem as comunidades escolares a superar os enormes desafios. Estamos constituindo comunidades de prática com professores da rede tanto para desenvolver nossos instrumentos avaliativos quanto para promover a formação por pares, completamente inserida na realidade niteroiense”, reforçou Bruna Werneck.

Além do orçamento em parceria com a UFF há, também, uma emenda do deputado federal Chico D’Angelo, que ajudará a custear cursos de formação e processos de avaliação que contribuam para a elevação da qualidade da educação na cidade.

Advertisement

“Esta é uma política inovadora na área da Educação. A Educação é um pilar fundamental. Ver a gestão municipal de Niterói tomar uma medida em um momento grave como este que estamos enfrentando, uma medida inovadora como esta, pensar no futuro, modernizar a gestão, é muito gratificante para quem faz política e mora na cidade. Niterói é referência em várias áreas, na Cultura, na Saúde, na Educação, e tenho certeza que essa gestão, com estas iniciativas que estão sendo adotadas em vários setores, mesmo com a pandemia, trarão resultados muito positivos”, afirmou o deputado.

A CAF está localizada na Rua Visconde do Uruguai, 300, Centro de Niterói.

Destaque

Isolado, Bolsonaro tem agenda esvaziada e é ironizado pela imprensa italiana

Published

on

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, é um dos únicos líderes do G20 (grupo das 20 maiores economias do mundo) que não tem reuniões previstas com outros mandatários, à exceção do presidente italiano Sergio Mattarella, anfitrião do evento que, pelo protocolo, se encontra com todos os líderes presentes em Roma.

Segundo o Itamaraty, a agenda do presidente brasileiro seria atualizada ao longo da visita à Itália, e reuniões estavam sendo negociadas com outros países, mas nada foi fechado até o momento. O encontro do G20 ocorre neste fim de semana (30 e 31), e em seguida muitos deles seguem para a Cúpula do Clima em Glasgow, na Escócia (COP26).

Bolsonaro não vai à COP 26 para não ser criticado

Sob forte pressão internacional por causa do aumento do desmatamento e das queimadas na Amazônia, Bolsonaro decidiu não ir à COP26, o que gerou críticas de outros países e de organizações ambientais. Segundo o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, o mandatário brasileiro evitará a reunião do clima porque iriam jogar “pedras” nele.

A política ambiental de Bolsonaro colaborou muito para o isolamento dele em foros internacionais como o G20, e a ausência na COP26 acentua isso.

Em geral, reuniões bilaterais entre líderes em eventos como o G20 e a Assembleia Geral das Nações Unidas servem como um dos indicadores da importância do país no cenário global. Historicamente, o Brasil costumava ser requisitado por seu papel de articulador em negociações e debates globais envolvendo países em desenvolvimento.

Advertisement

Isolado por sua agenda ambiental, Brasil vai à cúpula querendo mostrar mudanças, mas sem dados favoráveis

O encontro de Glasgow ocorre no momento de maior fragilidade internacional do Brasil. No Tribunal Penal Internacional, o governo de Jair Bolsonaro é denunciado por crimes contra a humanidade por conta do desmatamento. Na ONU, acumulam-se queixas formais contra o país pelo esvaziamento dos mecanismos de controle ambiental.

Enquanto isso, governos europeus caminham no sentido de iniciar a adoção de barreiras comerciais para exportações que não consigam provar que não geram desmatamento. Se não bastasse, fundos de investimento retiram recursos do Brasil, e supermercados e lojas estrangeiras começam um processo para barrar produtos nacionais que não tenham comprovação de que não geram danos ao meio ambiente.

Ciente de estar encurralado, o Itamaraty vem tentando, nos bastidores, romper com dois anos de uma política externa que isolou o país e transformou o Brasil em uma espécie de pária internacional.

Vaias e xingamentos

No segundo dia de visita a Roma, Bolsonaro foi xingado e vaiado nas redondezas da embaixada brasileira, onde está hospedado. O mandatário brasileiro foi chamado de “genocida” e “incompetente” quando voltava de um passeio na região do Vaticano.

 

Advertisement

Continue Reading

Destaque

Niterói lança 2ª etapa da Operação Verão a partir do dia 1 de novembro

Published

on

A Prefeitura de Niterói inicia, na próxima segunda-feira (1º de novembro), a 2ª etapa da Operação Verão, que já acontece em 12 praias da cidade, desde o início de outubro. A ação de ordenamento é coordenada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e acontece nos fins de semana e feriados até março de 2022. Nessa nova fase haverá o reforço do patrulhamento e das ações de trânsito na região oceânica e áreas de acesso.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, esteve nesta sexta-feira (29), na entrega de motos da Nittrans que eram utilizadas pelo Programa Niterói Presente e passarão a dar suporte às operações da Subsecretaria de Transporte e Trânsito.

“Estamos reforçando a estrutura para dar respaldo à atuação dos nossos agentes para que tenhamos uma eficiência ainda maior na gestão do trânsito, desde as operações especiais até a rotina de gerenciamento do trânsito de Niterói, principalmente com a Operação Verão. Este é um conjunto de medidas que adapta o uso de equipamentos para continuar atendendo à população de Niterói”, explica o prefeito.

O secretário de Ordem Pública, Coronel Paulo Henrique, fez um diagnóstico e ressaltou que a Operação Verão precisa de mais recursos e é isso que a prefeitura tem feito.

Advertisement

“Hoje a Nittrans entregou mais alguns equipamentos aos agentes de fiscalização de trânsito. Há uma semana, fizemos a mesma coisa com a Guarda Municipal. Há um plano de investimentos para que a gente melhore a qualidade do trabalho executado por este agente para prestar um serviço para população de forma mais rápida e eficiente. O trânsito acaba afetando a vida de todos, por isso ele requer uma atenção especial”, destacou o secretário.

O secretário destacou ainda que a Operação Verão foi lançada antecipadamente para que houvesse um processo de maturação e adaptação. “Esse ano temos a novidade de Piratininga ter menos vagas ao longo do calçadão devido a obra da ciclovia e isso muda a dinâmica do bairro. Então, assim que terminamos a operação que era voltada à Covid, com manutenção da praia com horário reduzido, emendamos com a Operação Verão, progredindo nas medidas adotadas para dar um atendimento de mais qualidade e mais conforto para o cidadão niteroiense”, reforçou o coronel Paulo Henrique.

“Este ano teremos um verão mais concorrido, considerando que passamos até então por um longo período de restrições em razão da pandemia. Estamos nos preparando ainda melhor para atender às novas demandas de trânsito e isso passa por esta parceria entre NitTrans, Secretaria de Mobilidade e Urbanismo e Secretaria de Ordem Pública. A Prefeitura de Niterói atua em coordenação para que a operação de trânsito aconteça de forma integrada”, explicou o presidente da Nittrans, Gilson Souza.

O subsecretário de Trânsito e Transportes, Murillo Moreira Junior, contou que a SSTT vai reforçar com seus agentes de trânsito e fiscais de transporte, com a chegada das motos e outros veículos que já foram cedidos para o subsecretaria, a fiscalização das irregularidades que acontecerem com a reabertura das praias, de forma a contribuir com os outros órgãos da prefeitura.

A Operação Verão conta também com efetivos da NitTrans, Neltur, Secretaria Municipal de Meio Ambiente Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS), Companhia de Limpeza de Niterói (Clin), Secretaria Municipal de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), as Administrações Regionais de Icaraí, Região Oceânica, de São Francisco, Charitas, Superintendência de Terminais e Estacionamentos de Niterói (Suten), Defesa Civil, além da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.

Advertisement

Ciclovia – Com o crescimento da malha viária e dos adeptos pela bicicleta como meio de transporte, o secretário de Mobilidade e Urbanismo, Renato Barandier, destacou que a entrega dessas motos é importante para iniciar uma fiscalização mais intensiva com foco também nas ciclovias da cidade. “Essa é uma questão que tem gerado muita demanda da sociedade. A reivindicação é, sobretudo, em relação a fiscalização de estacionamento irregular e motos transitando nas ciclovias. As motos vão ajudar a combater esse tipo de irregularidade e esperamos que, em breve, esse reforço consiga dar resultados”, disse Barandier.

Continue Reading

ARQUIBANCADA

Com gol de Michael, Flamengo vence o Atlético-MG por 1 a 0 e diminui diferença para o líder

Published

on

Pela 29ª rodada do Brasileirão, o Flamengo venceu o Atlético-MG por 1 a 0 na noite deste sábado (30), no Maracanã. Michael marcou o gol do Mais Querido ainda na primeira etapa. Com o resultado, o Mengão diminuiu a diferença para dez pontos em relação ao time mineiro. Vale ressaltar que a equipe de Renato Gaúcho tem dois jogos a menos que o adversário.

O jogo
A partida começou com o Flamengo pressionando a saída de bola do Atlético. Nos minutos iniciais, o confronto era bastante truncado com muitas faltas para parar as jogadas. Aos 24’, o Mengão abriu o placar! Arão lançou para Isla, que cruzou na área. Bruno Henrique desviou de cabeça e Michael bateu colocado no canto superior de Everson: 1 a 0.

Após o gol, o Atlético veio pra cima e passou a ter mais a posse de bola, mas o time rubro-negro, que jogava com as linhas mais baixas, conseguiu se defender e foi para o intervalo com a vantagem no marcador.

No segundo tempo, o jogo ficou mais aberto e o Flamengo encontrava mais espaços para atacar. O time mineiro, quando descia para o ataque, também levava perigo ao gol de Diego Alves. Aos 20’, Everton Ribeiro arriscou o chute de fora da área, o goleiro bateu roupa, mas a zaga afastou.

Advertisement

Nos acréscimos, Rodinei recebeu na entrada da área, avançou e chutou forte. A bola bateu na trave. Nos minutos finais, o Mais Querido soube administrar o resultado e conquistou uma vitória importantíssima no Maraca.

Próximo compromisso
O Rubro-Negro volta a campo na próxima terça-feira (2) para enfrentar o Athletico-PR, às 16h, na Arena da Baixada, em jogo atrasado da quarta rodada do Brasileirão.

Ficha técnica
Flamengo 1×0 Atlético-MG – 29ª Rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Maracanã-RJ
Data: 30/10/2021
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (RS)
Cartões amarelos: Guga (CAM), Nathan Silva (CAM), Everton Ribeiro (FLA), Bruno Henrique (FLA), Diego Alves (FLA) e Rodinei (FLA)
Gols: Michael (24’1ºT).

Escalação do Flamengo
Diego Alves; Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Ramon (Renê); Willian Arão, Andreas e Everton Ribeiro (Rodinei); Michael (Thiago Maia), Bruno Henrique (Vitinho) e Gabi (Bruno Viana).
Técnico: Renato Gaúcho.

Escalação do Atlético-MG
Everson; Guga (Diego Costa), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Allan (Nathan), Jair, Zaracho (Mariano) e Nacho Fernández (Savarino); Keno (Vargas) e Hulk.
Técnico: Cuca.

Advertisement

Continue Reading

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

%d blogueiros gostam disto: