NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

MP investiga participação de Cláudio Castro em suposta compra ilícita de cestas básicas

Tribunal de Contas do Estado aponta possível prejuízo de R$ 3,4 milhões aos cofres públicos do RJ em suposto esquema que teria participação de Castro quando ele ainda era vice-governador

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL), está sendo investigado pelo Ministério Público Estadual (MPRJ) por uma suposta irregularidade na aquisição de mais de 1 milhão de cestas básicas durante a pandemia de Covid-19. De acordo com o Tribunal de Contas do Estado (TCE-RJ), a possível fraude pode ter ocasionado danos de até R$ 3,4 milhões aos cofres públicos fluminenses.

O inquérito do MPRJ está investigando a participação da Fundação Leão XIII, vinculada ao Governo do Estado, na contratação das empresas ”All In One Comunicação” e ”Cesta de Alimentos Brasil”.

Os supostos crimes cometidos que estão sendo apurados pelos procuradores são: fraude licitatória, sobrepreço, superfaturamento e liquidação superior ao empenho. Vale ressaltar que, na época das possíveis irregularidades, Castro exercia o cargo de vice-governador, sendo também o responsável pela Fundação Leão XIII.

A investigação do Ministério Público se baseia em um relatório de uma comissão especial da Assembleia Legislativa do RJ (Alerj) criada justamente para acompanhar os gastos emergenciais realizados pelo Estado em função da pandemia.

%d blogueiros gostam disto: