NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Kelvin Hoefler conquista 1ª medalha do Brasil

No primeiro dia de competições do skate nas Olimpíadas de Tóquio, o brasileiro Kelvin Hoefler viveu grande dia no skate street e conquistou a primeira medalha de prata do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio, na madrugada deste domingo (25).

Na fase classificatória, o brasileiro já tinha se destacado com ótimas manobras e conquistou a quarta colocação na classificação geral, avançando sem maiores problemas para a bateria final. Giovanni Vianna e Gustavo Felipe não tiveram a mesma sorte nas eliminatórias e ficaram na 12ª e 14ª colocações, respetivamente.

Já na grande final do skate street, Kelvin arriscou bastante na sua primeira volta e conseguiu uma nota 8.98 com uma aula de manobras arriscadas, digna de aplausos até de seus adversários. Na segunda volta, o brasileiro teve outra boa apresentação e conquistou ótima nota (8.84).

Com duas ótimas voltas, o brasileiro colocou toda a pressão para cima dos adversários. Após as duas rodadas de apresentação, os atletas tiveram cinco oportunidades para novas manobras e o japonês Yuto Horigome ultrapassou o brasileiro com ótimas notas, conquistando a medalha de ouro da competição. Na sua última tentativa, Kelvin deu um show, mas a nota 9.34 não foi suficiente para superar o nipônico.

Nascido no Guarujá, litoral de São Paulo, Kelvin Hoefler começou a andar de skate com nove anos. Aos 28, vive o maior momento da carreira depois de conquistar a prata do street nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Com a medalha do peito, passa um filme pela cabeça. Os momentos de dificuldade e de superação são lembrados, inclusive quando teve que alugar uma cozinha para morar em Los Angeles quando foi tentar a sorte nos Estados Unidos para se desenvolver no esporte.

%d blogueiros gostam disto: