EM BRASÍLIA

Jair Bolsonaro entra com mandato para impedir manifestações políticas no Lollapalooza

O PL, partido onde está o atual Presidente da República, Jair Bolsonaro, ingressou com ação no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para que artistas sejam impedidos de fazer propaganda eleitoral nos shows do festival Lollapalooza, que está sendo realizado neste final de semana em São Paulo.

No documento, protocolado neste sábado, 26 de março, estão compiladas uma série de reportagens e postagens em redes sociais em que Pabllo Vittar, uma dos artistas que se apresentou no evento, aparece com uma bandeira com a imagem do ex-Presidente Lula, e que deve sair como candidato à Presidência na próxima eleição. “A lei proíbe showmício e de evento assemelhado para promoção de candidatos, bem como a apresentação, remunerada ou não, de artistas com a finalidade de animar comício e reunião eleitoral”, diz um trecho do documento.

De acordo com a CNN, Ministros do TSE disseram em privado que o pedido deve ser negado, pois conforme eles, não se pode proibir artistas de manifestarem a sua opinião política, pois isso pode configurar ameaça à liberdade de expressão, que é amplamente garantida na Constituição Federal.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: