CIDADESDESTAQUE

Prefeitura do Rio lançou edital de leilão de terreno do Gasômetro onde o Flamengo quer construir o estádio

A Prefeitura do Rio de Janeiro publicou nesta terça-feira (9), no Diário Oficial, informações sobre o leilão da área do Gasômetro, que pertencia a um fundo administrado pela Caixa Econômica Federal e foi desapropriado.

O leilão foi marcado para o próximo dia 31, às 14h30 (de Brasília), no Auditório do CASS. O lance mínimo será de R$ 138.195.000,00 milhões. O Flamengo é o principal interessado em adquirir o local para construir o próprio estádio e terá que seguir uma série de determinações estabelecidas no edital publicado pela Prefeitura do Rio.

O terreno foi desapropriado pela Prefeitura do Rio de Janeiro após um impasse financeiro entre o Flamengo e a Caixa Econômica Federal. A desapropriação está prevista na constituição, caso haja, resumidamente, interesse público e pagamento de indenização prévia, justa e em dinheiro.

A Prefeitura do Rio já havia desapropriado parte do terreno do Gasômetro anteriormente, assim como outros terrenos nos arredores, para a construção do terminal rodoviário Gentileza. O município indenizou em R$ 40,8 milhões, mas o fundo de investimento alegou prejuízo e cobra mais R$ 12,9 milhões na Justiça.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo