ARQUIBANCADA

 Botafogo bate o Atlético-MG  e avança no Brasileirão

O Botafogo derrotou o Atlético-MG por 3 a 0, neste domingo, pelo Campeonato Brasileiro, e reduziu a vantagem para o Flamengo na liderança da competição. Com o resultado, o Alvinegro chegou aos 30 pontos, mesma pontuação do Palmeiras, e com um a menos que o Rubro-Negro que segue na ponta da Série A.

Os gols da partida foram marcados por Luiz Henrique, Cuiabano e Savarino. O Botafogo foi superior durante toda a partida e teve sua vida facilitada após a expulsão de Igor Rabello aos 24 minutos do primeiro tempo. Na próxima rodada, o clube carioca joga contra o Vitória, em Salvador, na próxima quinta, às 21h30 (de Brasília). No mesmo dia e hora, o Galo recebe o São Paulo, em Belo Horizonte.

A partida começou e rapidamente o Botafogo saiu na frente do placar. Com apenas 12 minutos, Luiz Henrique trouxe a bola da direita para o meio e acertou um belíssimo chute de fora da área, sem chances de defesa para o goleiro do Atlético-MG, Matheus Mendes.

O Botafogo quase ampliou aos 19 minutos. Em belo contra-ataque, Júnior Santos recebeu em boa condição, porém, na tentativa de deixar o lance mais limpo, antes de finalizar, o atacante acabou adiantando demais e chutando prensado em Matheus Mendes, que salvou os mineiros.

Aos 23 minutos, as coisas ficaram mais complicadas para o Atlético-MG. Júnior Santos arrancou e ia ficar na cara do gol do Galo, porém, o zagueiro Igor Rabello impediu a progressão do artilheiro do Botafogo. A arbitragem assinalou falta e puniu o defensor com o cartão vermelho.

O Botafogo seguiu com o controle do jogo, mas não acelerou tanto a partida. Nas oportunidades que teve, esbarrou nas decisões erradas dos seus atacantes, e acabou indo para o intervalo com a vantagem de um gol contra os mineiros.

No segundo tempo, o Botafogo manteve a postura dos últimos minutos da etapa inicial e evitou acelerar o ritmo para administrar a partida. O Atlético-MG, apesar de desvantagem numérica, seguia valente e assustou aos 26 minutos. Hulk cobrou falta e acertou o travessão de John.

Quando o clube mineiro parecia gostar do jogo, o Botafogo decidiu a partida. Aos 33 minutos, Damián Suárez cruzou, a defesa do Atlético-MG afastou parcialmente, e Cuiabano acertou um belo chute de fora da área fazendo o segundo. Nos acréscimos, ainda teve tempo para mais um golaço. De volta após disputar a Copa América, Savarino acertou belíssimo chute de fora da área e deu números finais para a vitória alvinegra.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 3 X 0 ATLÉTICO-MG

Local: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Arbitragem: Rafael Rodrigo Klein (RS)
Renda / Público: R$ 910.175,00 / 19.343 pagantes (21.582 no total)
Cartões Amarelos: Bastos, Tiquinho Soares, Palacios, Leandro Ávila (auxiliar do Atlético-MG).
Cartões Vermelhos: Igor Rabelo (ATL)
Gols: Luiz Henrique, aos 12 minutos do primeiro tempo. Cuiabano, aos 33, e Savarino, aos 48 minutos do segundo tempo

BOTAFOGO: John; Damián Suárez, Alexander Barboza, Bastos e Cuiabano; Marlon Freitas (Savarino), Danilo Barbosa (Tchê Tchê), Eduardo (Gregore); Luiz Henrique (Óscar Romero), Júnior Santos e Tiquinho Soares (Kauê). Técnico: Arthur Jorge.

ATLÉTICO-MG: Matheus Mendes; Bruno Fuchs, Igor Rabello e Battaglia; Otávio, Alan Franco, Paulo Victor (Palacios) e Scarpa; Cadu (Vargas), Paulinho (Vitinho) e Hulk. Técnico: Gabriel Milito.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo