ARQUIBANCADADESTAQUE

Vasco perde para o Bragantino pelo Brasileirão

 A equipe comandada por Ramón Díaz perdeu para o Red Bull Bragantino pelo placar de 2 a 1. Nacho Laquintana e Vitinho marcaram para os donos da casa, e o centroavante Vegetti anotou para o Cruz-Maltino.

Com o resultado, o Vasco chegou aos quatro pontos somados em dois jogos disputados. Agora, o Gigante da Colina vira a chave e foca no clássico deste sábado (20), com o Fluminense, no Maracanã, às 16h (de Brasília).

Depois de boa vitória sobre o Grêmio em São Januário em sua estreia na competição, o Vasco se viu em situação contrária no Nabi Abi Chedid sendo pressionado pelos donos da casa. A solidez defensiva, marca do primeiro jogo, não se fez presente nos primeiros minutos.

Assim como na rodada passada, Léo Jardim teve influência direta no gol. Logo aos seis minutos de jogo, Guilherme cobrou lateral na área, a defesa cortou e André Hurtado finalizou frago. O goleiro deu rebote para o meio e Nacho Laquintana só tocou para o fundo da rede.

Novamente com um esquema tendo três volantes e nenhuma peça de ofício na criação, o Vasco encontrou dificuldades e, mesmo preenchendo bem o setor, deu muitos espaços para as transições do Red Bull Bragantino. Na zona ofensiva, Lucão, ex-goleiro do Cruz-Maltino, só trabalhou no lance do gol marcado por Vegetti, que foi anulado devido à posição irregular de Rossi no início da jogada.

Já na volta para o segundo tempo, a principal arma para o Vasco assustar o Massa Bruta foi a bola aérea. Em duas oportunidades, Vegetti levou perigo, sendo uma finalização na trave, e depois Lucão foi salvar no canto direito a tentativa do zagueiro Léo. Quando entrou de fato na partida e pressionou, chegou ao empate.

O Vasco igualou o placar aos 17 minutos em boa transição veloz para o campo de ataque. Após lançamento, Vegetti fez o pivô no meio de campo e serviu Rayan, que arrancou pelo lado direito. O garoto, novidade na segunda etapa, rolou para David em infiltração e o atacante cruzou na medida para Vegetti, que acompanhou a jogada e escorou para o gol.

Melhor na partida e buscando a virada com um desempenho mais leve e focado na velocidade, o Vasco acabou sofrendo o segundo gol em lance despretensioso aos 32 minutos. Vitinho, do Bragantino, recebeu pela esquerda, cortou para o meio e finalizou. A bola, que não ganharia muita altura, desviou na cabeça de Maicon e parou no ângulo superior esquerdo do goleiro Léo Jardim, que nada pôde fazer.

Depois do segundo gol dos donos da casa, o Vasco pouco conseguiu criar no terço final do gramado e acumulou erros. Na defesa, a busca por lançamentos buscando Vegetti se tornaram ideia única para buscar o empate, mas nada feito. Vitória do Red Bull Bragantino no Nabi Abi Chedid.

Ficha técnica

Red Bull Bragantino 2 x 1 Vasco
Local: Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data e hora: 17/4 (quinta-feira), às 21h30 (de Brasília)
Arbitragem: Paulo Cesar Zanovelli
Assistentes: Guilherme Dias Camilo e Fernanda Kruger

Gols: Laquintana 6’/1ºT e Vitinho 32’/2ºT (RBB); Vegetti 17’/2ºT (VAS)

Cartões amarelos: Mateus Carvalho (VAS)

RBB: Lucão; Andrés Hurtado, Douglas Mendes, Luan Cândido e Guilherme Lopes; Raul (Jadsom), Gustavinho (Bruninho) e Juninho Capixaba (Vitinho); Laquintana, Henry Mosquera (Eric Ramires) e Eduardo Sasha (Thiago Borbas). Técnico: Pedro Caixinha.

VASCO: Léo Jardim; Paulo Henrique, João Victor (Maicon), Léo e Lucas Piton; Sforza, Galdames (Clayton) e Mateus Carvalho (Zé Gabriel); Rossi (Rayan), David (Adson) e Vegetti. Técnico: Ramón Díaz.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Botão Voltar ao topo