NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Fluminense joga bem, bate Cerro no Paraguai e abre vantagem na Libertadores

Fluminense iniciou sua jornada no mata-mata da Conmebol Libertadores na noite desta terça-feira (13) contra o Cerro Porteño, no estádio Nueva Olla, no Paraguai. Com gols de Nenê e Egídio, o time carioca levará a vantagem de 2 a 0 para o Rio de Janeiro.

Os primeiros minutos foram de domínio total do Tricolor. Com 30 minutos, a equipe já tinha tido uma bola na trave e uma defesa difícil do goleiro adversário. Na sequência, porém, Boselli obrigou Marcos Felipe a fazer um milagre, além de marcar um gol anulado por impedimento aos 40 minutos.

Na volta para o segundo tempo, em seu primeiro lance de ataque, o cruzamento rasteiro para Abel Hernández sobrou para Caio Paulista, que só ajeitou para Nenê chegar batendo no canto, abrindo o marcador.

Aos 15 minutos, após boa trama pela esquerda, a bola sobrou para Egídio dentro da área, e o lateral fuzilou a bola na rede para ampliar.

Aos 34 minutos, os jogadores do Cerro pediram um toque da bola no braço de Egídio dentro da área. Após revisão na cabine do VAR, porém, o árbitro interpretou que o desvio foi no ombro e nada foi marcado.

Próximos jogos

Os dois times voltam suas concentrações por seus campeonatos nacionais. O Cerro enfrentará o Sportivo Luqueño, na sexta (16), enquanto o Fluminense encara o Grêmio no dia seguinte.

Ficha técnica

Cerro Porteño 0 x 2 Fluminense

GOLS: Nenê e Egídio (FLU)

CERRO PORTEÑO: Jean; Espínola (Romero), Alexis Duarte, Delvalle e Morales (Martínez); Villasanti, Carrascal (Bobadilla), Alan Rodríguez e Aquino; Mateus Gonçalves (Giménez) e Boselli (Fariña). Técnico: Arce

FLUMINENSE: Marcos Felipe; Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; André (Wellington), Yago Felipe e Nenê (Cazares); Caio Paulista (Kayky), Abel Hernández (Lucca) e Gabriel Teixeira (Luiz Henrique). Técnico: Roger Machado

%d blogueiros gostam disto: