NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Fluminense empata e sobe duas posições no Campeonato Brasileiro

Em jogo adiado válido pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Fluminense teve boa atuação coletiva e dominou as ações do início ao fim, mas ficou apenas no empate em 1 a 1 com Juventude, na noite desta quinta-feira (02/09), no Maracanã. O gol foi marcado por Jhon Arias, seu primeiro com a camisa tricolor. Com o resultado, o Time de Guerreiros chegou aos 22 pontos e subiu duas posições na tabela de classificação e ocupando agora o 11º lugar.

O Fluminense volta a campo na próxima terça-feira (07/09), às 21h30, quando vai até Santa Catarina enfrentar a Chapecoense na Arena Condá, pela 19ª rodada, fechando o primeiro turno do Brasileirão.

Primeiro tempo

O Fluminense iniciou o jogo com muita pressão e chegou com perigo logo a um minuto. Após boa troca de passes, a bola chegou em Egídio pela esquerda. O lateral levantou a cabeça e cruzou na medida para Lucca, que finalizou de primeira, obrigando o goleiro adversário a fazer um verdadeiro milagre para evitar o gol tricolor. Logo depois, aos 3, nova triangulação. Dessa vez, a bola sobrou para Samuel Xavier na entrada da área. O camisa 2 soltou a bomba, mas a bola explodiu na defesa. Aos 15 minutos, Egídio cobrou escanteio pela esquerda com muito veneno, mas a defesa afastou. Na sobra, Nonato dominou, ajeitou e chutou muito perto do travessão. O Tricolor seguiu pressionando em busca do primeiro gol. Aos 22 minutos, Yago recebeu bom passe vertical, arriscou da intermediária e o goleiro espalmou. O rebote, a bola passou por Fred e sobrou para Arias, que cortou para dentro e bateu colocado, mas a finalização saiu por cima.

Segundo tempo

O Fluminense voltou do intervalo dominando as ações, trocando passes e buscando o ataque. Aos 7 minutos, enfim, o time tirou o zero do placar. Fred enfiou bola na medida e deixou Jhon Arias cara a cara com o goleiro. O colombiano deu um toque de muita categoria para marcar seu primeiro gol com a camisa tricolor. Dois minutos depois, o Time de Guerreiros chegou com perigo mais uma vez. Arias deu bom passe para Yago, que foi à linha de fundo e cruzou, mas antes que ela chegasse em Lucca o goleiro conseguiu interceptar. Aos 11, o Fluminense quase ampliou após uma jogada espetacular. Depois de uma triangulação com belos passes de primeira, a bola sobrou limpa para Samuel Xavier, que bateu cruzado, mas a bola passou rente à trave. O Juventude chegou ao empate aos 23, após desvio acidental de Lucca após cobrança de falta. O Fluminense tentou responder rapidamente, pressionando a saída de bola adversária. Assim, aos 27, Arias roubou a bola e deixou para Luiz Henrique, que cortou para dentro e bateu colocado. A bola quase entrou no ângulo. Aos 29 foi a vez de Yago finalizar. Ele recebeu na entrada da área e bateu no cantinho, mas o goleiro defendeu com a ponta dos dedos. A pressão tricolor continuou forte. Aos 32, Cazares lançou Luiz Henrique nas costas da defesa, o atacante chutou cruzado e o goleiro evitou o segundo gol do Flu. Aos 39, o Flu obrigou Marcelo Carné a trabalhar de novo, em mais uma boa finalização de Yago de fora da área. O Fluminense seguiu pressionando até o fim, mas não conseguiu chegar ao empate.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 14ª rodada
02/09/2021, 19h – Maracanã

Fluminense (1)

Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Egídio (Danilo Barcelos); André, Nonato (Cazares) e Yago Felipe; Jhon Arias (Abel Hernández), Lucca (Luiz Henrique) e Fred (Bobadilla). Técnico: Marcão

Juventude (1)

Marcelo Carné; Michel Macedo, Vitor Mendes, Rafael Forster e William Matheus; Matheus Jesus (Dawhan), Guilherme Castilho (Jadson) e Chico (Wagner); Paulinho Bóia (Bruninho), Capixaba (Marcos Vinicios) e Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Jhon Arias (7′ 2T) (FLU); Lucca (contra, 23′ 2T) (JUV)

Cartões amarelos: Jhon Arias, Samuel Xavier (FLU); Matheus Jesus (JUV)

Arbitragem: Heber Roberto Lopes (SC) auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)

%d blogueiros gostam disto: