ARQUIBANCADA Fluminense

Fluminense e Palmeiras ficam no 1 a 1

Não foi desta vez que o Fluminense conseguiu sua primeira vitória na Allianz Arena. Mas ao contrário das outras oito vezes em que jogou e perdeu no estádio, agora conseguiu um empate importante e apresentou uma nova postura do time. Depois de sair atrás com um gol de Dudu, o Tricolor marcou com Germán Cano e chegou aos cinco pontos, evitando entrar na zona de rebaixamento do Brasileirão nesta rodada.
Com mexidas importantes, Fernando Diniz optou por povoar o meio de campo no primeiro tempo e ao mesmo tempo dar qualidade no passe, com Nathan e Ganso se juntando a Yago e Wellington, mais atrás – Pineida também foi titular para reforçar o lado esquerdo defensivo. Na teoria era uma boa ideia, mas na prática não funcionou.
Logo no primeiro lance, Rony recebeu lançamento em profundidade, ganhou de Nino e passou por Fábio, mas chutou mal. Depois do susto, o Fluminense se viu pressionado pelo Palmeiras e ficou acuado sem conseguir sair da defesa por causa dos muitos erros de passe na defesa.
Nas poucas vezes em que chegou ao ataque, o Fluminense só assustou em um escanteio com bela jogada ensaiada, deixando Nathan livre para chutar e obrigar Weverton a fazer grande defesa. Foi a única grande chance, aos 16. E logo depois, o time sofreu um baque com a saída de Ganso com dores na coxa direita, piorando o que já não estava bom. Menos mal que, apesar das dificuldades, o Tricolor não correu risco e o Palmeiras só chegou numa cabeçada fraca de Rony.
Após o intervalo, o Fluminense enfim conseguiu acertar os passes e encaixar os contra-ataques que não saíram na primeira etapa. Aos seis, o gol não saiu porque Pineida cruzou errado e Luiz Henrique não conseguiu finalizar corretamente. Cano e Nonato ainda chutaram para fora nos lances seguintes.
Quando Nathan sentiu a panturrilha esquerda e foi substituído por Willian, aos 17, o Fluminense já tinha perdido o controle do jogo novamente. Fábio salvou ao pegar cara a cara com Dudu, após erro na saída de bola. Mas não demorou para o Palmeiras marcar, aos 26: Scarpa recebeu livre na direita e cruzou para Dudu, nas costas de Samuel Xavier, tocar e abrir o placar.
O Fluminense ficou mais de 10 minutos sem chegar ao ataque, até Caio Paulista entrar no lugar de Samuel Xavier, e cruzar na medida para Germán Cano empatar, aos 37, quando o jogo parecia resolvido. O atacante encerrou jejum de quatro jogos sem balançar as redes. Com muita dedicação, o Tricolor conseguiu segurar a pressão palmeirense para garantir um ponto no Brasileirão.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: