NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Fluminense bate o Criciúma por 3 a 0

O Fluminense fez valer a superioridade diante do Criciúma e bateu os catarinenses por 3 a 0 na tarde de hoje (31), no Maracanã, pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil. Com os gols marcados por Manoel, Gabriel Teixeira e Luiz Henrique, o Tricolor das Laranjeiras avançou às quartas de final, sendo a primeira equipe garantida na próxima fase.

O resultado foi mais que o suficiente para a classificação, já que na ida o time carioca havia perdido por 2 a 1, no Heriberto Hülse. O triunfo com autoridade também serve para aliviar a pressão sobre uma equipe que vinha de três derrotas consecutivas, num momento de definição da temporada. O Flu volta a campo na próxima terça-feira (3), pelo jogo de volta das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Cerro Porteño-PAR, também no Maracanã. Em Assunção, pela partida de ida, os cariocas venceram por 2 a 0.

O próximo confronto do Tigre será pela Série C do Brasileirão, na próxima quarta-feira (4), contra o Ituano, no Estádio Novelli Júnior, em Itu-SP. Após 1º tempo morno, Flu deslancha na etapa final O Fluminense começou melhor a partida, com gol do zagueiro Manoel em assistência de Egídio, logo aos 3 minutos. Após o lance, o jogo ficou morno, com apenas uma chance boa para cada lado: uma falta de Fellipe Mateus, que foi para fora, e uma finalização de Yago, defendida por Gustavo.

Na segunda etapa, o Flu se valeu da superioridade contra os visitantes e deslanchou: aos 7, fez o segundo com Gabriel Teixeira; dois minutos depois, ampliou com Luiz Henrique, para a equipe de Roger Machado. Com a vitória por 3 a 0, os donos da casa apenas administraram o resultado, preservando também as pernas.

Apesar do primeiro tempo pouco produtivo, o Flu conseguiu alguma estabilidade ao marcar seu primeiro gol logo no início da partida. Após receber de Nenê, Egídio fez cruzamento preciso e Manoel apareceu livre para testar para o fundo do gol de Gustavo.

Além de balançar as redes, o zagueiro estava fazendo uma partida segura na defesa e ajudou a equipe da casa a segurar os avanços do Criciúma, sobretudo nas bolas pelo alto. Porém, ao fim da partida, o autor do primeiro gol levou um segundo cartão amarelo questionável e foi expulso. Ele saiu de campo inconformado e perderá o jogo de ida pelas quartas de final.

Se o primeiro tempo terminou com alguma tensão pelo empate no placar agregado do confronto, as ‘crias’ de Xerém resolveram o problema logo no início da etapa final. Primeiro, Gabriel Teixeira recebeu passe de Luiz Henrique para encher o pé e ampliar o placar. Depois, foi a vez de Luiz Henrique ser acionado por Fred e chutar cruzado para fazer o terceiro do Tricolor.

Ficha técnica

Fluminense 3 x 0 Criciúma

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro

Hora: 16h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima-MG

Auxiliares: Guilherme Dias Camilo-MG e Celso Luiz da Silva-MG

Cartões amarelos: Yago Felipe (Fluminense), Manoel (Fluminense), duas vezes, e Samuel Xavier (Fluminense); Fellipe Mateus (Criciúma) e Dudu Vieira (Criciúma).

Cartões vermelhos: Manoel (Fluminense)

Gols: Manoel (Fluminense), aos 3 minutos do 1º tempo; Gabriel Teixeira (Fluminense), aos 7 minutos do 2º tempo, e Luiz Henrique, aos 9 minutos

Fluminense: Marcos Felipe, Samuel Xavier, Manoel, Luccas Claro e Egídio; Martinelli, Yago Felipe (André) e Nenê (Ganso); Gabriel Teixeira (Kayky), Luiz Henrique (Lucca) e Fred (Abel Hernández). Técnico: Roger Machado.

Criciúma: Gustavo; Alemão Teixeira (Claudinho), Rodrigo, Marcel Scalese e Hélder; Dudu Vieira, Eduardo e Dudu Figueiredo (Gabriel Henrique); Fellipe Mateus (Maranhão), Hygor (PH) e Marcão. Técnico: Paulo Baier.

%d blogueiros gostam disto: