Connect with us

ARTE & LAZER

EVENTO NESTE FIM DE SEMANA CELEBRA REVITALIZAÇÃO DOS PEDALINHOS DA LAGOA COM SHOW E PASSEIO GRATUITOS

Published

on

Neste sábado e domingo, a Lagoa Rodrigo de Freitas vai receber um evento que vai celebrar a beleza deste que é um dos mais lindos cartões postais do Rio de Janeiro. Dentro da campanha BoticaRIO, que enaltece as belezas da cidade e dos cariocas, O Boticário vai revitalizar 15 pedalinhos da Lagoa, que serão pintados “ao vivo” por artistas plásticos de diferentes regiões do Rio.

Será montada uma tenda no Parque do Cantagalo, onde os artistas Juliana Fervo, Márcio SWK, Igor Izy, Di Couto, Marianna Cersosimo, Vinicius Carvas e Lorena Deluiz vão expressar nos pedalinhos, em suas artes, o que significa para eles a beleza de ser carioca. Os cariocas poderão se aproximar e ver, ao vivo, a revitalização ganhando suas cores e formas, além de passear gratuitamente neles. “Além de um lugar lindíssimo, a Lagoa é um lugar diverso e democrático, que reúne cariocas de todos os bairros, o coração do Rio. Mais do que estar ali, queremos dar este presente para a cidade e para os cariocas”, comenta Jacqueline Tobaru, Diretora de Marketing Regional, do Boticário.

No domingo, os pedalinhos estarão finalizados e prontos para serem usados, gratuitamente, pelo público das 14h às 18h. Para participar, basta tirar uma foto em uma das duas Boti Bikes estarão no local. Nelas, o público poderá ainda experimentar produtos da marca. Haverá também distribuição de amostras.

A festa será animada pelo grupo Samba Artesanal, que vai fazer um show recheado de músicas que celebram o Rio de Janeiro, às 15h30.

Advertisement

O lançamento da campanha “Temos o Rio no Nome e no coração” tem como objetivo principal enaltecer além da cidade, as pessoas do Rio, de todas as formas. “Nessa campanha, temos os cariocas como protagonistas e criadores de conteúdo, eles são as grandes estrelas e ressaltam as belezas de ser carioca e viver no RJ. Uma ótica de quem vive e representa as características do RJ e não de quem está lá como turista ou visitante” afirma Jacqueline.

Confira a programação completa:

Sábado, das 12h às 18h:

Boti Bikes: com experimentação para o público de produtos O Boticário;

Revitalização dos Pedalinhos: artistas trabalhando na tenda-ateliê.

Advertisement

Domingo, das 12h às 18h:

Boti Bikes: com experimentação para o público de produtos O Boticário;

Revitalização dos Pedalinhos: artistas trabalhando na tenda-ateliê.

Pedalinhos gratuitos: passeio para quem tirou foto na Boti Bike e postou com a hashtag da campanha.

Domingo, das 15h30 às 18h: show do grupo Samba Artesanal

Advertisement

Local: Parque do Cantagalo (Av. Epitácio Pessoa 2840 – Lagoa Rodrigo de Freitas)

Continue Reading
Click to comment

You must be logged in to post a comment Login

ARTE & LAZER

Niterói vai ter o seu Festival de Boteco

Published

on

Dias 10, 11 e 12 de dezembro, de 12h às 22h, Niterói vai ter um FESTIVAL DE BOTECO para chamar de seu! O evento, que acontecerá no Reserva Cultural, terá o melhor da gastronomia dos botequins com direito a diferentes cervejas artesanais, drinks especiais e, claro, muita música para animar.

Já confirmaram presença Batida carioca, Poderosa na chapa, Sabor do Nordeste, Lima limão, Sabores sobre rodas, entre muitos outros. Além de muita comida e bebida boas, o evento conta com a feira HIT com diversos expositores de moda e artesanato. De acordo com os organizadores os pets também são bem vindos!

Todos os dias, o DJ Wally animará o evento das 12h às 22h. E sempre às 18h, uma banda subirá ao palco montado especialmente para o FESTIVAL DE BOTECO. Na sexta-feira, 10 de Dezembro, Lara Zuzarte tocará o melhor do sertanejo. No sábado (11), será a vez da Roda de Samba do Mikimba. E no domingo (12), o Flavio Farias representará o melhor do pop rock nacional e internacional.

As crianças também terão muita diversão. Em todos os dias do festival, haverá uma área kids. A entrada é gratuita, mas a Vibe Eventos, responsável pelo FESTIVAL DE BOTECO pede que, se possível, os visitantes levem um quilo de alimento não-perecível que será doado para o Abrigo do Cristo Redentor de São Gonçalo.

Advertisement
Continue Reading

ARTE & LAZER

Niterói lança edital Escolas de Samba e Educação

Published

on

 

Advertisement
Continue Reading

ARTE & LAZER

Band fecha com estúdios da Vera Cruz

Published

on

O Grupo Bandeirantes acaba de fechar um contrato de 3 anos para utilizar os estúdios Vera Cruz, em São Bernardo do Campo.

Com a chegada de Fustão e o novo estúdio do programa do ex-apresentador da Globo, a Band precisou remanejar alguns programas e até desmontar alguns cenários, já que o espaço que a emissora tem é consideravelmente menor do que as concorrentes.

A emissora ganhou um chamamento público. O local era um antigo desejo do presidente Johnny Saad e de toda sua equipe.

Os estúdios possuem mais de 3600 metros quadrados e já foram palco de grandes produções do cinema brasileiro. A história do cinema passa por lá.

Advertisement

As gravações do “MasterChef”, que desde o início aconteciam na sede do Morumbi, passarão para os estúdios Vera Cruz.

E no mesmo local também deverão nascer muitas produções e coproduções de série e filmes.

Novelas não fazem parte desses planos.

A empresa vencedora foi a PRH9, produtora de há muito constituída pela Band justamente pensando no momento ideal para atuar.

Todo o processo de utilização dos estúdios Vera Cruz pela Band deverá ser disparado em janeiro de 2022.

Advertisement

Nesses últimos tempos, o espaço era utilizado para exposições de móveis e gravações de programas de TV.

História 

A Companhia Cinematográfica Vera Cruz surgiu em 4 de novembro de 1949. Fundada por Franco Zampari e sediada em São Bernardo do Campo, a produtora é um marco do cinema nacional, e representou uma mudança da indústria brasileira.

Com o fim da Segunda Guerra Mundial e ditadura do Estado Novo, a vida paulista era tomada por uma cultura em agitação. Espaços culturais, como o Museu de Arte Moderna (MAM) e o Museu de Arte de São Paulo (MASP), foram inaugurados na década de 1940 – e o interesse pelo cinema só crescia.

Na época, as chanchadas estavam a todo vapor. O gênero fez sucesso em território nacional, principalmente devido aos filmes produzidos pela Atlântida. Apesar de o gênero não ser bem recebido pela crítica, os longas lotavam salas de cinemas do Brasil, mas não alcançavam outros países.

Advertisement

Desta forma, Zampari fundou a Vera Cruz com o objetivo de projetar o cinema brasileiro para o exterior. Ele chamou técnicos da Europa, investiu muito dinheiro com cenário, atores e câmeras – tudo para fazer com que o cinema nacional alcançasse padrões internacionais.

Porém, para conseguir alcançar padrão internacional, Zampari deixou de lado o cinema popular. Mas os técnicos europeus da Vera Cruz não estavam familiarizados com a cultura brasileira, muito menos com o estilo cinematográfico do País.

Sem apelo popular e sofrendo com a concorrência do cinema internacional, o dinheiro arrecadado em bilheteria não supria o orçamento dos filmes. Isso, adicionado à administração caótica da produção, levou ao endividamento e falência da empresa.

Os estúdios da Vera Cruz ficaram em atividade por apenas 5 anos, período no qual foram produzidos mais de quarenta longa-metragens.

Advertisement
Continue Reading

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

%d blogueiros gostam disto: