NITERÓI

Equipe da Prefeitura de Niterói visita obras de contenção no Fonseca

O Complexo da Palmeira, localizado no Fonseca, recebeu, nesta terça-feira (7), a visita de uma equipe da Prefeitura de Niterói que foi vistoriar as obras de melhorias que estão sendo realizadas no local. O investimento é de pouco mais de R$ 5 milhões com previsão de conclusão até o fim do ano. A comunidade está recebendo obras de contenção de encostas, cortina atirantada, solo grampeado, concreto projetado, recuperação de acesso e colocação de guarda corpo.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, destacou a importância das obras de contenção de encostas para a segurança da população.

“Estamos na comunidade da Palmeira visitando as obras de contenção de encostas. Essa é uma das onze obras prioritárias que a gente definiu desde que tivemos episódios de chuvas fortes recentes. A parte estrutural já está pronta, o que dá uma segurança maior para a comunidade. A Prefeitura de Niterói tem feito sua parte para tornar a cidade mais segura, com infraestrutura para trazer mais qualidade de vida e tornar a cidade cada vez mais resiliente”, explicou Axel Grael.

Somente em 2023, a Prefeitura de Niterói destinou mais de R$ 236 milhões para obras de contenção de encostas em cerca de 70 pontos da cidade. O investimento beneficia diretamente moradores de comunidades no Morro do Céu, Morro Boa Vista, Caixa D’Água, Santa Rosa, Grota do Surucucu, Cantagalo, Martins Torres, Morro do MIC, Caramujo, Cavalão e Morro do Bumba, entre outras.

De acordo com o presidente da Associação de Moradores das Comunidades da Palmeira, Coréia e Santo Cristo, Jonathan Silva, a obra melhorou muito a vida das pessoas da região.

“Essa é uma obra que muita gente não vê, mas que é muito importante para os moradores. Acredito que a casa é o maior patrimônio que a gente tem e as pessoas corriam muito risco nesse trecho que visitamos. Essa obra é muito importante para a comunidade, para o morador e para o bairro, pois traz segurança. Por ali passam idosos e crianças indo e voltando da escola. O pessoal tinha que dar uma volta enorme para atravessar de um lado para o outro e essa obra melhorou bastante o acesso”, afirmou Jonathan Silva.

Outros bairros como Jurujuba, Santa Rosa, Fátima, Cantagalo, Cafubá e Itacoatiara também foram beneficiados com obras de contenção. Dos cerca de 70 pontos contemplados neste ano, 40 já tiveram os trabalhos concluídos.

Dona Maria Ana da Silva, de 72 anos, veio de Maceió e mora na comunidade há 45 anos. Ela é acompanhante de idosos, está aposentada, conversou com o prefeito e falou que a obra foi importante para os moradores.

“São 45 anos morando aqui.  É uma vida. A obra está ficando muito boa”, concluiu Maria Ana.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo