EM BRASÍLIA

Eduardo Leite anuncia que renunciará ao governo do RS e permanecerá no PSDB

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), anunciou nesta 2ª feira (28.fev.2022) que renunciará ao cargo e definiu que permanecerá no PSDB. A decisão foi comunicada em entrevista a jornalistas no Palácio Piratini, em Porto Alegre.

Derrotado nas prévias tucanas pelo governador de São Paulo, João Doria, Eduardo Leite mantinha conversas com o PSD e avaliou concorrer ao Palácio do Planalto pelo partido. Ele comunicou a decisão de continuar no PSDB a Gilberto Kassab, presidente do PSD, no último domingo (27.mar) por telefone.

“Eu não estou saindo, eu estou me apresentando”, disse Eduardo Leite.

O lançamento de sua candidatura à Presidência da República é ventilado dentro do PSDB e defendida por figuras importantes no partido, como Aécio Neves. Ele afirmou que Leite é quem “mais aglutina” e avaliar seu nome “é um ato de responsabilidade”.

O pré-candidato tucano à Presidência, João Doria criticou neste domingo (27.mar.2022) parcela do partido que tenta invalidar as prévias tucanas. O governador do Estado de São Paulo ressaltou que as prévias “valem” e “qualquer outro sentimento diferente disso é golpe”. Classificou a ideia como uma “tentativa torpe, vil, de corroer a democracia e fragilizar o PSDB”.

Eduardo Leite recebeu uma carta de integrantes do PSDB pedindo a sua permanência no partido. Doria endossou a carta.

Fernando Henrique Cardoso disse que as prévias do partido precisam ser “respeitadas”, pois foram realizadas “democraticamente”.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: