Brasil Destaque

Diretor da Caixa, Sérgio Ricardo, é encontrado morto na sede do banco em Brasília

Setor dele acompanhava denúncias de assédio sexual contra o ex-presidente Pedro Guimarães. Polícia Civil cogita suicídio

Foi encontrado morto, na noite da última terça-feira (19), o diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa Econômica Federal, identificado como Sérgio Ricardo Faustino Batista. O corpo foi localizado na área externa da própria sede do banco, em Brasília, por um vigilante do local.

Até o momento, a Polícia Civil do Distrito Federal investiga o caso como um possível suicídio. Os itens dele foram apreendidos. O que mais chama a atenção é que Sérgio era um dos maiores ligados aos desdobramentos do recente escândalo de denúncias de assédio contra Pedro Guimarães, ex-presidente da Caixa.

O setor de Controles Internos e Integridade, o qual Sérgio chefiava, é responsável por receber e acompanhar, internamente, as denúncias gerais feitas por funcionários da empresa, incluindo assédio sexual.

Sérgio tinha 54 anos, entrou na Caixa em 1989 e assumiu a diretoria em que estava em março de 2022. Antes de se tornar diretor, o finado foi assessor de Pedro Guimarães e, por um bom tempo, atuou como consultor do ex-presidente.

Publicações do autor

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: