Niterói

De volta para casa

Após quase seis anos em terras niteroienses, chegou a hora de P.F. retornar à sua casa. A Prefeitura de Niterói, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (SMASES), dentro da política de recambiamento do município, embarcou P.F. nesta quinta-feira (02) rumo à Portugal. De janeiro de 2020 até o início deste mês, 222 pessoas voltaram aos lares, entre recambios e reinserção familiar.

 O secretário de Assistência Social e Economia Solidária, Elton Teixeira, explicou a importância da política de recambiamento.

 “A atuação da nossa rede proteção socioassistencial é fundamental para garantia de direitos. Nesse caso, em especial, com os esforços de nossa equipe técnica, pudemos ajudá-lo no retorno para sua terra natal na perspectiva de reconstruir sua história, com seus familiares e amigos”, destacou o secretário.

O português de 45 anos, natural de Portimão, no Sul do país, desembarcou em Niterói em 2015. Há quase um ano, vivia nas ruas da cidade, quando foi encontrado pela equipe de Abordagem Social da SMASES. P.F. foi atendido no Centro Pop que passou a acompanhá-lo e, desde então, ele estava acolhido no hotel emergencial da prefeitura.

A coordenadora do Hotel Emergencial, Marta Oliveira, que o acompanhou hoje no embarque para sua cidade, contou que o usuário estava com problemas na documentação e vínculos familiares abalados.

“Durante a construção do Plano Individual de Atendimento (PIA), vimos que o usuário estava com pendência em seus documentos, pois o passaporte venceu em 2019. Além disso, os vínculos familiares estavam fragilizados devido à distância. Fizemos um trabalho junto ao Consulado e conseguimos uma autorização especial de embarque e também contato com a família que irá recebê-lo no aeroporto”, contou Marta.

P.F. chega na sexta-feira a Lisboa, em Portugal, onde será recebido pela família e já com uma oportunidade de emprego numa cozinha de restaurante. Ele embarcou após apresentar o exame negativo para Covid-19 e também o comprovante com as duas doses da vacina, tomadas durante o acolhimento no hotel.

“Minha expectativa é grande de retornar depois de tanto tempo no Brasil. Estou com saudades da minha casa e lá tenho mais oportunidades de trabalho. Agradeço a equipe da Prefeitura pelo tempo que fiquei acolhido e também pela possibilidade que me deram de poder retornar para casa e para a família”, contou ele.

A Secretaria Municipal de Assistência Social de Niterói tem o Programa de Recambiamento cujo objetivo, além do retorno de pessoas em situação de vulnerabilidade para suas cidades de origem, é garantir o fortalecimento dos vínculos familiares fragilizados. Além disso, é realizado um contato com a rede socioassistencial local que acolherá o usuário no seu retorno à família.

%d blogueiros gostam disto: