ARQUIBANCADA Vasco

Complicou! Cano perde pênalti e Vasco é derrotado pelo Guarani

Em um confronto direto na luta pelo acesso, o Guarani venceu o Vasco por 1 a 0, no Brinco de Ouro, pela 33ª rodada da Série B. No fim da partida, o goleiro Rafael Martins defendeu o pênalti cobrado por Germán Cano. No lance seguinte, Pablo marcou e decretou a vitória do Bugre. Com o revés, o Cruz-Maltino fica com 47 pontos, distante do G4, já os paulistas chegam a 52, a dois do Goiás.

O próximo compromisso do Cruz-Maltino será no domingo, às 16h, no clássico diante do Botafogo. O Bugre, por sua vez, também atua no domingo, porém às 18h15, contra o Vila Nova (GO), no Estádio OBA. Ambas as partidas serão válidas pela 34ª rodada da Série B.

No início da partida, Rodrigo Andrade deu um carrinho imprudente no zagueiro Leandro Castan e recebeu amarelo do árbitro Leandro Pedro Vuaden. Em seguida, os donos da casa assustaram o gol de Lucão em uma jogada rápida pela esquerda. Júlio César cruzou para Júnior Todinho, que dominou e emendou uma bicicleta. O arqueiro vascaíno fez uma ótima defesa logo aos 4.

Em outra jogada pela esquerda, Bidu chutou de fora da área, mas Lucão defendeu em dois tempos e por pouco não se complicou. Do lado dos visitantes, Nene tentou uma arrancada e tocou para Marquinhos Gabriel. O meia deixou a bola passar, mas Riquelme chutou fraco para uma defesa tranquila de Rafael Martins.

Pressão do Vasco

No fim do primeiro tempo, o Vasco teve duas boas chances de abrir o placar. Bruno Gomes iniciou a jogada, e Marquinhos Gabriel encontrou Riquelme na área. O lateral finalizou e acertou a trave. No lance seguinte, Andrey finalizou de fora de área e a bola tirou tinta da trave bugrina. Na defesa, o Cruz-Maltino quase se complicou na saída de bola, mas Régis não conseguiu finalizar.

No travessão

Na volta do intervalo, o Bugre chegou em uma rápida jogada de contra-ataque, e Bruno Sávio chegou na cara do gol, mas foi bloqueado por Riquelme, que salvou o Vasco. O alviverde pressionou na área, a defesa cruz-maltina não conseguiu afastar, e Bruno Silva chutou para Lucão espalmar. Em mais uma chegada perigosa, Rodrigo Andrade chutou da entrada da área e carimbou o travessão vascaíno.

Lucão salva

No único lance em que Cano teve a oportunidade de finalizar, o centroavante recebeu na área e chutou em cima do goleiro Rafael Martins. Na etapa final, o Guarani levou perigo e o goleiro vascaíno apareceu bem na partida. depois do cruzamento, Pablo finalizou e o arqueiro salvou. Em outro chute, dessa vez de Allan Victor, mais uma ótima defesa do cruz-maltino.

Cano perde pênalti

Em um lance na área, Bidu tocou a mão na bola e o árbitro Leandro Pedro Vuaden teve que consultar o VAR. O juiz analisou o vídeo e assinalou o pênalti no momento decisivo da partida. No entanto, o goleiro Rafael Martins brilhou e defendeu o pênalti cobrado por Germán Cano.

Gol decisivo

Logo em seguida, em rápida jogada de contra-ataque, Riquelme não afasta a bola, que sobra para Pablo. O ataque vai em direção ao gol e bate, sem chances para Lucão. A partir disso, o Vasco não consegue mais reagir, e a equipe bugrina conquista um resultado importante para sequência da Série B.

FICHA TÉCNICA

GUARANI 1X0 VASCO

Data/Hora: 04/11/2021, às 19h (de Brasília)

Local: Brinco de Ouro da Princesa, Campinas (SP)

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)

Assistentes: Jorge Eduardo Bernardi (RS) e José Eduardo Calza (RS)

VAR: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)

Público: 4.666 torcedores / Renda: R$ 141.630,00

Cartões Amarelos: Rodrigo Andrade, Índio (GUA) / Riquelme e

Jhon Sánchez (VAS)

Cartões Vermelhos: –

Gols: Pablo (43’/2T) (1-0)

GUARANI (Técnico: Daniel Cerqueira – Daniel Paulista estava suspenso)

Rafael Martins, Diogo Mateus (Mateus Ludke (7’/2T), Ronaldo Alves, Thales e Bidu; Bruno Silva, Rodrigo Andrade (Índio 32’/2T) e Régis (Andrigo 32’/2T); Júlio César (Pablo 32’/2T), Júnior Todinho (Allan Victor 35’/1T) e Bruno Sávio.

VASCO (Técnico: Fernando Diniz)

Lucão; Zeca (Léo Matos 26’/2T), Ricardo Graça (Daniel Amorim 45’/2T), Leandro Castan e Riquelme (MT 45’/2T); Andrey (Jhon Sánchez 12’2T), Bruno Gomes, Marquinhos Gabriel; Morato (Gabriel Pec 26’/2T), Nene e Cano.

Publicações do autor

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: