Destaque Estado

Cinco mortos, 574 desalojados em novo temporal em Petrópolis

A Defesa Civil mantém alerta para risco de deslizamentos, principalmente no primeiro distrito. Até agora, foram registradas 95 ocorrências, sendo que a maior parte foi por deslizamentos. O maior volume pluviométrico nas últimas 10 horas foi registrado no São Sebastião, com 415 milímetros. Como há núcleos de chuva atuando no entorno do município, há condições de haver mais registros de chuva, de intensidade moderada a forte para as próximas horas.

Segundo a assessoria do Corpo de Bombeiro Militar do Estado do Rio de Janeiro – instituição que tem a atribuição de fazer a busca por vítimas – há cinco óbitos. De acordo com a instituição, uma pessoa foi resgatada com vida.

As demais localidades com maior registro de chuva foram Coronel Veiga com 375,2 mm, Dr. Thouzet com 363,8 mm e Vila Felipe, com 337,4 mm.

574 pessoas estão sendo atendidas nos pontos de apoio

A Secretaria de Assistência Social presta apoio a 419 pessoas que se deslocaram para os pontos nas localidades do Morin, Quitandinha, Amazonas, Vila Felipe, Sargento Boening, São Sebastião, Dr. Thouzet, Alto da Serra, Floresta, Independências e Siméria.

Todas as equipes da Defesa estão pela cidade em atendimento a ocorrências e realização de rondas pelas localidades afetadas. “Ainda temos previsão de chuva, pedimos que a população fique atenta aos nossos informes”, pontuou o secretário de Defesa Civil, o tenente-coronel Gil Kempers.

Entre as regiões afetadas pela chuva estão Alto da Serra, Vila Felipe, São Sebastião, Quitandinha, Castelânea, Chácara Flora, Centro, Quissamã, Morin, Independência, Mosela, Siméria, Caxambu, Coronel Veiga, Estrada da Saudade, Saldanha Marinho, Vila Militar, Bingen, Carangola, Floresta, Itaipava, Provisória, Quarteirão Brasileiro e Valparaíso.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: