Estado

Chuva causa alagamentos e bloqueios de estradas em Angra e na Ilha Grande

Angra dos Reis deixa ao menos 11 pessoas desaparecidas

Uma chuva forte que caiu entre a noite de quinta-feira, 31 e a madrugada desta sexta-feira, 1, causou deslizamentos de terra, alagamentos e bloqueou estradas em Angra dos Reis e Paraty (RJ). O volume de chuva até o momento foi de 321 mm, o previsto era 150mm. Não há vítimas na cidade de Angra dos Reis. A região mais atingida foi a Ilha Grande, onde foram registrados 408 mm em Araçatiba e 416 mm no Abraão.

Posto de sáude na Vila do Abraão – Ilha Grande ficou completamente inundado por água, chegando na altura dos acentos da cadeirae podendo ser visto os estragos por uma câmera de monitoramento do local. Casas na Vila chegaram a ficar alagadas.

As 20 sirenes do município foram acionadas para que os moradores saissem de suas casas e procurassem pontos de abrigo, todas as escolas municipais viraram pontos de abrigos, não havendo aula hoje, 1. A Defesa Civil também enviou mensagens para evacuação dos moradores de 70 dos 73 bairros da cidade. As mensagens enviadas pela Defesa Civil era que a população se retirassem dos locais de risco quando acionados.

“As 4h da manhã as sirenes começaram a ser acionadas, se você mora em uma área de risco e escutou a sirene tocar, não se exite e siga para um local seguro”. Reforçou Lauro Oliveira

Vídeos e fotos desesperadores circulavam na internet de várias casas alagadas, pontos com passagem interditada. Em um dos vídeos, um motorista filmava uma barreira que acabava de cair e por pouco não foi atingido, na altura do Porto Galo e ficou sem poder seguir viagem porque a pista ficou totalmente bloqueada.

De acordo com a prefeitura, duas famílias estão desabrigadas e foram levadas para abrigos: uma na Escola Municipal Professor José Americo Lomeu Bastos, no Morro do Abel, e outra na Escola Municipal Brigadeiro Nóbrega, na Ilha Grande.

Quedas de árvores interditaram ruas. No bairro Bonfim, uma via está interditada após uma árvore atingir fios de alta tensão. Na Rio-Santos, os trechos dos bairros Camorim Pequeno e Mombaça estão com trânsito fluindo pelo acostamento. Uma escola do Morro do Abel foi atingida por uma árvore.

Em caso de emergência, o morador deve ligar para a Defesa Civil pelos números 199 ou (24) 3365-4588.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: