Estado

Câmeras em uniformes da PM começam a ser usadas

O governo do estado informou, nesta segunda-feira, que alugou câmeras que serão usadas nos uniformes de agentes de 13 órgãos, como Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Os equipamentos chegarão este ano e serão usados, por exemplo, para gravação de abordagens policiais. Os equipamentos já começam a gravar a partir do réveillon, em 15 dias, principalmente em Copacabana.

São 21.571 unidades. Serão gastos por câmeras R$ 293 e por mês serão R$ 6 milhões aproximadamente. Os equipamentos serão alugados por 30 meses. Quem ganhou a licitação foi a empresa curitibana L8 Group.

As imagens ficarão armazenadas em uma nuvem e, quando necessário, o próprio agente ou o controlador, que ficará no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC) , poderá acionar um dispositivo que armazenará as imagens por até um ano. Os órgãos de controle, como Ministério Público e Defensoria Pública, receberão as imagens quando pedirem.

O tenente-coronel Rodrigo Laviola, coordenador da Coordenadoria Especializada em Tecnologia da Informação e Comunicação da PM, afirmou que será a empresa Visionlogix, com o sistema hydra, a responsável por armazenar as imagens na nuvem.

— A câmera grava por 12 horas sem interrupção. As imagens são armazenaras por 60 dias. Já as oriundas das ocorrências mais complexas poderão ficar até um ano. O policial não pode parar a câmera. Ela só para quando o equipamento chega ao carregador. Em casos de defeitos, a empresa que será a responsável pela manutenção. O contrato foi de 30 meses sendo renováveis por mais 30 — destacou.

%d blogueiros gostam disto: