NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Câmara Técnica do Ministério da Saúde ameaça renúncia coletiva

Nesta sexta-feira, 17, membros da Câmara Técnica do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde exigiram, em reunião, mudança e retratação da pasta sobre a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos.

Chegaram a ameaçar pedir demissão coletiva.

Órgão do ministério diz que não há “critérios científicos”

O Conselho Nacional de Saúde desmentiu o ministro Maurício Queiroga, que adverte sobre a vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos contra a Covid-19.

Órgão do Ministério da Saúde, o CNS diz que “não há critérios científicos’ na advertência do ministro.

O CNS é uma instância colegiada, deliberativa e permanente do Sistema Único de Saúde (SUS). Faz parte da estrutura do ministério.

Nesta sexta-feira, 17, o CNS reprovou as contas da pasta referentes ao ano de 2020.

%d blogueiros gostam disto: