NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Câmara aprova convocação de Paulo Guedes para explicar em plenário offshore em paraíso fiscal

A Câmara dos Deputados aprovou, por 310 votos favoráveis e 142 contrários, nesta quarta-feira (6), a convocação do ministro Paulo Guedes (Economia) para dar explicações junto ao plenário sobre a manutenção de uma offshore em paraíso fiscal com patrimônio de US$ 9,55 milhões.

As informações que subsidiam o requerimento votado foram reveladas pelo projeto Pandora Papers, do Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos (ICIJ), cujos parceiros no Brasil são a revista Piauí e o site Poder360. A reportagem também apontou uma empresa no exterior em nome de Roberto Campos Neto, presidente do Banco Central.

O líder do governo na casa, deputado Ricardo Barros (PP-PR), tentou converter a convocação em convite, mas não conseguiu o apoio necessário. Segundo ele, o ministro se dispôs a prestar os esclarecimentos voluntariamente na próxima quarta-feira (13).

“Há aqui um desejo de marcar posição politicamente na sua convocação. O nosso desejo, enquanto governo, é deixar esse assunto resolvido porque temos muitos temas importantes para votar”, disse

A sessão para a audiência ainda não tem data marcada, mas poderá ser realizada na próxima semana. Antes da deliberação do plenário, duas comissões da Câmara dos Deputados já haviam aprovado a convocação do ministro: a Comissão de Trabalho, Administração e Serviço Público (CTASP) e a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC).

No requerimento que pede a convocação de Guedes, parlamentares da oposição reiteram o impedimento legal à conduta revelada pelas investigações. “Há uma vedação explícita de que servidores públicos possam manter aplicações financeiras e investimentos no exterior que possam ser afetadas por políticas governamentais”, pontuaram.

 

%d blogueiros gostam disto: