NITEROIMAIS

Revista Eletrônica de Niterói

Botafogo sofre, mas vence Remo por 1 a 0

O Botafogo venceu o Remo fora de casa pela 22ª rodada da Série B 2021 por 1 a 0. O 1º tempo foi de muito equilíbrio entre as duas equipes, com leve superioridade para o Botafogo. A partida começou com o ‘Glorioso’ em cima do Remo, marcando alto e tentando roubar a bola no ataque.

Com a vitória, o Botafogo chegou aos 38 pontos e assumiu a 3ª posição da Série B 2021, se consolidando cada vez mais no G-4. A próxima partida do Fogão será somente no próximo sábado, contra o Londrina, no Estádio Nilton Santos, às 16h30.

O JOGO

A primeira grande chance foi do Botafogo após boa jogada de Chay, que recebeu a bola no meio, levantou a cabeça e lançou Jonathan Silva. O lateral chegou se jogando na bola e conseguiu passar para Rafael Moura que mandou pra fora na cara do gol.

A segunda foi em escanteio no lance seguinte que Chay bateu na medida para Carli, que sozinho cabeceou pra fora. Já o Remo pouco assustava e só conseguiu assustar com chutes de fora da área e em uma escapada rápida logo no início da partida que Victor Andrade cortou o marcador e bateu pra fora.

O 2º tempo foi de fortes emoções. As equipes voltaram mais ativas e buscando cada vez mais o jogo. Com 4 minutos o Botafogo buscou finalizar com Marco Antônio, que mandou por cima do gol. Aos 6 minutos, o Remo buscou o ataque com Victor Andrade, que foi acionado na frente, cortou a marcação e bateu pra fora, mas com perigo.

Após essa chance o Botafogo acordou e reagiu, principalmente após as entradas de Carlinhos e Luiz Henrique nos lugares de Jonathan Silva e Marco Antônio. As mexidas deram um gás ao Botafogo e 4 minutos depois, aos 20,  o alvinegro chegou ao gol.

Em boa jogada pela esquerda, Pedro Castro cruzou, a bola passou por Rafael Moura e sobrou com Warley, que dominou e tentou bater. A bola pegou na marcação e voltou no alto. Warley virou o corpo e acertou um belo chute e depois caiu sentindo dores na perna.

O gol fez o Remo ir cada vez mais pra cima do Botafogo. Aos 24, Thiago Ennes cruzou e Lucas Siqueira cabeceou no travessão. Chay, o craque alvinegro, precisou sair alegando cansaço. Enderson lançou Ênio na vaga do camisa 14 e apostou no contra-ataque. Mas isso não aconteceu.

Nos últimos 15 minutos de jogo o Botafogo recuou demais e chamou o Remo para seu campo. Após um festival de bolas na área, o Remo quase empatou no fim do jogo, quando chegou a mandar uma bola no travaessão e fez o goleiro Diego Loureiro trabalhar para salvar o Botafogo, que assegurou 3 pontos valiosos para o Glorioso.

%d blogueiros gostam disto: