ARQUIBANCADA Botafogo Destaque

Botafogo é goleado pelo Palmeiras

A derrota de ontem por 4 a 0 para o Palmeiras foi o 12º jogo do Botafogo sob o comando de Luís Castro. No primeiro, em 10 de abril, ainda sem o português no banco de reservas, o alvinegro não viu a cor da bola contra o Corinthians e, com um time desentrosado, foi presa fácil no revés por 3 a 1. Depois, a equipe mostrou sinais de evolução, como na vitória contra o Ceará, no Castelão, e viveu o auge na temporada quando venceu o Flamengo, em Brasília, por 1 a 0. Na sequência, o rendimento caiu e os resultados desapareceram. Sem vencer há quatro jogos, o Bota acumula três derrotas consecutivas. No Allianz Parque, contra o time de Abel Ferreira, a sensação é de que o Botafogo voltou à estaca zero.

Com mais uma derrota, o Botafogo ficou a um ponto do Cuiabá, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Menos mal que, com a tabela embolada, o alvinegro está também a três pontos do Internacional, quinto colocado na classificação. No próximo jogo, contra o Avaí, segunda-feira, às 19h, a vitória é fundamental. Afinal, depois enfrentará São Paulo e Inter, adversários que brigam na parte de cima da competição.

Já no início da partida, Luís Castro foi a campo com um time confuso. Sem Erison, que sentiu lesão no tornozelo esquerdo sofrida ainda no jogo contra o Goiás, o português colocou o lateral-esquerdo Hugo para jogar na ponta e Daniel Borges, titular na lateral-direita na última segunda-feira, para jogar na esquerda. Saravia começou no lado direito.

Por outro lado, o Palmeiras, mesmo sem Raphael Veiga, foi para a partida com o time que, com Abel Ferreira, joga junto desde 2020. Weverton e Danilo, que estavam na em Tóquio com a seleção, chegaram em São Paulo na quarta-feira e foram titulares.

Já a partir do primeiro minuto, a diferença ficou evidente. Ao mesmo tempo que colocava a marcação em linha alta, o Botafogo não pressionava e dava espaço aos armadores do Palmeiras. Foi assim que, aos 10 minutos, Dudu recebeu lançamento pela direita, tocou para Scarpa em profundidade, que rolou para trás. Kanu e Cuesta dormiram e Rony fuzilou o gol de Gatito para abrir o placar.

Em seguida, aos 17, Piquerez recebeu livre pela esquerda e lançou Scarpa dentro da área. O camisa 14 aproveitou buraco deixado por Daniel Borges, dominou com tranquilidade e finalizou rasteiro para ampliar.

Já aos 32, os donos do jogo apareceram de novo. Em escanteio cobrado pela esquerda por Gustavo Scarpa, Rony antecipou o zagueiro Cuesta e cabeceou para marcar o terceiro do Palmeiras. No primeiro tempo, os paulistas ainda tiveram um gol anulado e duas bolas na trave.

— Não tem o que falar. Atuação pífia dessa. É fechar a boca e trabalhar — falou o capitão Kanu na saída para o intervalo.

Na segunda etapa, com o resultado garantido, o Palmeiras só controlou os ataques do alvinegro e confirmou os três pontos. Aos 41 minutos, ainda deu para Wesley pedalar em cima de Daniel Borges e marcar um golaço. Com a vitória, o time de Abel Ferreira chegou a liderança do Brasileirão.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: