PAUSA PARA O CAFÉ POLÍTICA

Bolsonaro humilha mais um militar no governo

O presidente precisava colocar a culpa pelo aumento dos combustíveis

O presidente Jair Bolsonaro pode demitir quem quiser no governo sem dar satisfação,mas não precisa humilhar seus auxiliares quando decide descartá-los.

Antes de exonerar Bento Albuquerque, um almirante de esquadra da Marinha, o presidente poderia ter elogiado o trabalho do ministro e explicado que precisaria fazer mudanças para dar novo rumo a assuntos da pasta. Em vez disso, o presidente tratou de dar um sermão no auxiliar já demissionário.

“Vocês não podem, ministro Bento Albuquerque e senhor José Mauro, da Petrobras, não podem aumentar o preço do diesel. Não estou apelando, estou fazendo uma constatação levando-se em conta o lucro abusivo que vocês têm”, disse Bolsonaro na semana passada.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: