EM BRASÍLIA

Bolsonaro admite que conversa de 2 horas por telefone com Putin não existiu

O Ministério das Relações Exteriores negou que o presidente Jair Bolsonaro (PL) tenha conversado por telefone com o presidente russo Vladimir Putin, neste domingo (27/2). Em entrevista coletiva à imprensa no início da noite, o chefe do Executivo havia comentado sobre conversa de mais de duas horas com Putin.

Conforme a Assessoria de Imprensa do Gabinete do MRE, ao falar mais cedo o presidente se referia às duas horas de conversa ao vivo, na visita à Rússia. Não houve telefonema neste domingo, segundo o Itamaraty.

Na coletiva realizada no Guarujá, no Forte dos Andradas, o mote foi a guerra na Ucrânia – sobre a qual Bolsonaro voltou a defender que o Brasil permaneça neutro. O presidente passa o Carnaval na cidade litorânea.

A Secretaria de Comunicação Social do governo emitiu uma nota esclarecendo a fala do presidente durante a coletiva. “Em nenhum momento, o Presidente Jair Bolsonaro afirmou ter conversado ao telefone com o Presidente da Rússia, Vladimir Putin, neste domingo. A fala do Presidente do Brasil refere-se à conversa reservada que os dois líderes tiveram, no dia 16/02/22, em Moscou – Rússia, durante a visita oficial àquele país”.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: