ELEIÇÕES 2022 POLÍTICA

Após testes, TSE define urnas eletrônicas como seguras

A Comissão Avaliadora do Teste Público de Segurança (TPS) entregou, na tarde desta segunda (30), o relatório final do Sistema Eletrônico de Votação. O documento, entregue ao presidente do Supremo Tribunal Eleitora, o ministro Edson Fachin, relata que o sistema é ”íntegro” e ”seguro”.

O relatório é assinado pelos dez membros da Comissão, composta por representantes do Ministério Público Federal (MPF), Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Congresso Nacional, Polícia Federal (PF), Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e Sociedade Brasileira de Computação (SBC), além de três especialistas da área acadêmica e/ou científica.

Ao receber o documento, o presidente do TSE reconheceu que o trabalho da Comissão faz parte de uma união de esforços com especialistas de diversas áreas. “É uma contribuição feita à sociedade brasileira, que desenvolve um plano de melhorias. E as contribuições do TPS fazem parte do presente e do futuro da Justiça Eleitoral”, destacou.

 

 

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: