EM BRASÍLIA

Após sobrevoar áreas atingidas, Bolsonaro diz que faltou “visão de futuro” às vítimas das chuvas

(São Paulo - SP, 01/02/2022) Sobrevoo sobre as cidades atingidas pelas chuvas no Estado de São Paulo. Foto: Clauber Cleber Caetano/PR

Até o momento, segundo dados da Defesa Civil, 24 pessoas morreram em oito municípios paulistas e 1,5 mil estão desabrigadas ou desalojadas

Depois de fazer um sobrevoo na região de Franco da Rocha e Francisco Morato, as áreas mais atingidas pelas fortes chuvas em São Paulo, Jair Bolsonaro afirmou em entrevista coletiva concedida há pouco que “faltou alguma visão de futuro” às pessoas que construíram casas em áreas de risco.

“A visão [das áreas atingidas] é algo que nos marca. [Em] Muitas áreas onde foram construídas residências, faltou, obviamente, alguma visão, por parte de quem construiu, de futuro; bem como por necessidade também, as pessoas fazem [obras] nessas áreas de risco”, declarou o presidente da República.

Até o momento, segundo dados da Defesa Civil, 24 pessoas morreram em oito municípios paulistas e 1,5 mil estão desabrigadas ou desalojadas.

Na coletiva, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirmou que o governo federal já destinou R$ 1,8 bilhões para atender as cidades atingidas pelas chuvas em todo o país. Bolsonaro ressaltou que, para São Paulo, os valores serão definidos após os prefeitos apresentar demandas ao governo federal.

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Leia o QR Codes e tenha a Rádio JN a um clique no seu smartphone Android

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu iPhone

Baixe o App e tenha a RádioJN a um clique no seu smartphone Android

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: