Destaque EM BRASÍLIA

Alexandre de Moraes determina prisão preventiva de bolsonarista que ameaçou ministros do STF e Lula

 O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes atendeu ao pedido da Polícia Federal e determinou a prisão preventiva do bolsonarista Ivan Rejane Fonte Boa Pinto, detido no final de julho por ameaçar de morte os ministros da Corte e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), além de políticos de esquerda, como a presidente nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR). 

Ivan Rejane foi preso pela Polícia Federal no dia 22 de julho, em Belo Horizonte (MG). Ele teve a prisão prorrogada na terça-feira (25) da semana passada a pedido da própria PF e da Procuradoria-Geral da República (PGR). 

De acordo com o Portal  Metrópoles, na decisão sobre o caso, assinada nesta segunda-feira (1), Moraes destacou que a manutenção da prisão é “a única medida capaz de garantir a ordem pública e a conveniência da instrução criminal, especialmente com o prosseguimento da perícia técnica, capaz de apontar com maior precisão a extensão e níveis de atividade da associação criminosa que se investiga”.

Publicações do autor

RÁDIO JN

ESTÚDIO AO VIVO

Veja as câmeras de monitoramento de Niterói

Não foi possível carregar as informações sobre o blog no momento.

Siga-me no Twitter

%d blogueiros gostam disto: