Estado

2022 começa com ‘boom’ de casos de Covid no Rio e dispara a busca por vacina

O Rio de Janeiro começou o ano de 2022 com um cenário significativamente pior do que o mês de dezembro. Porém, ao mesmo tempo que a taxa de positividade para as pessoas que fazem o teste de Covid-19 disparou, a busca por vacinas também cresceu 56% na capital fluminense.

Nos últimos dias úteis de 2021 (27 a 31 de dezembro), a média de vacinados por dia nos postos da cidade era de 31 mil. Nos dois primeiros dias de postos abertos para vacinar pessoas em 2022 (3 e 4 de janeiro), a média superou 48 mil pessoas. Os dados desta quarta-feira (5) ainda não estão disponíveis, mas já é possível dizer que pelo menos 1.852 pessoas que não tinham tomado sequer a primeira dose tomaram a decisão de tomar o imunizante após a virada do ano.

Se na última semana de 2021, a cada 100 pessoas que testavam positivo para coronavírus na cidade do Rio de Janeiro, 13 tinham o resultado positivo, nos primeiros dias de 2022 o grupo de pessoas mais que triplicou, para 41 a cada 100. Na prática, a positividade cresceu 215% entre os testados, ou 28 pontos percentuais –uma alta que vem sendo registrada dia após dia desde as vésperas da virada do ano. Os dados são do Painel da Covid-19, da Secretaria Municipal de Saúde. O número de respostas positivas entre os testados é o mais alto desde janeiro de 2021.

Os dados da Secretaria Estadual de Saúde do Rio mostram que o aumento da positividade em testes também se reflete num ‘boom’ de casos. A média diária de infectados no estado sextuplicou depois da virada do ano. Ao longo de todo o mês de dezembro de 2021 foram contabilizados 8.008 casos, uma média de 258 por dia. Neste ano, os dados apontam que 6.551 pessoas foram diagnosticadas com a Covid-19, média de 1.637 por dia.

A maior preocupação dos profissionais da saúde, o número de internações, ainda não apresenta variação significativa na rede pública, mas já tem aumento preocupante em pelo menos parte dos hospitais particulares.

 

%d blogueiros gostam disto: