Webber faz 1ª pole no ano e Vettel larga em segundo no Japão

00Sebastian Vettel é quem briga pelo título, mas ele terá que ver Mark Webber, seu companheiro de Red Bull, largar na frente no GP do Japão, no próximo domingo. O australiano surpreendeu e fez sua primeiro pole no ano, com 1min30s915, em sua última participação em Suzuka. Vettel, com problemas no kers, não conseguiu em sua última tentativa melhorar a marca de 1min31s089 e ficou em segundo.

É a primeira pole de Webber após 18 corridas – a última foi em 2012, no GP da Coreia do Sul. Será a 12ª pole do australiano na carreira na Fórmula 1. Ele também quebrou uma marca de 2013: apenas Vettel, Lewis Hamilton e Nico Rosberg (os dois últimos companheiros na Mercedes) haviam feito poles nas 14 corridas anteriores da temporada. Será também a primeira vez em que Webber larga à frente de Vettel no ano.

Já para Vettel, a situação é boa para tentar o título ainda no Japão: com a segunda posição, larga seis à frente de Fernando Alonso, seu adversário pela taça. Alonso marcou com sua Ferrari apenas 1min31s665 e sai em 8° lugar.

Para o alemão se tornar tetracampeão mundial no próximo domingo, ele precisa vencer a prova, com Alonso chegando de 9° para trás.

Felipe Massa, em seus últimos GP’s com a Ferrari – e, talvez, na Fórmula 1 – ficou também à frente do companheiro espanhol: larga em 5°, após marcar 1min31s378.

Vettel é o líder do Mundial com 272 pontos. Alonso vem em seguida com 195 e Kimi Raikkonen, da Lotus, é o 3°, com 167. Felipe Massa é o 7°, com 89 pontos. Caso o campeonato não seja decidido em Suzuka, Vettel ainda terá os GP’s da Índia, emirados Árabes Unidos, EUA e Brasil para tentar o tetra.

O treino

O Q1 foi marcado por dois acidentes com fogo: primeiro, o carro de Esteban Gutierrez, da Sauber, pegou fogo dentro dos boxes da escuderia. Para escapar da situação, rapidamente controlada pelos mecânicos, o mexicano jogou o volante longe para conseguir pular para fora do veículo.

Em seguida, agora na pista, foi a vez da Toro Rosse de Jean-Éric Vergne pegar fogo. Ele largou o carro na beira da pista, enquanto a organização da prova tentava resovler a situação. A bandeira vermelha chegou a ser mostrada, devido à fumaça na pista, quando faltavam 2min55s para o fim da primeira parte. Depois de alguns minutos, os pilotos foram liberados para voltar à pista.

No Q2, Sebastian Vettel só precisou de uma volta para anotar 1min31s290 e liderar. Webber começou a dar mostras de que brigaria pela pole ao ficar com a segunda posição, com 1min31s513.

Romain Grosjean, um dos mais rápidos tanto na sexta como no sábado, levou a Lotus para a terceira posição no Q2 com 1min31s565. Felipe Massa, que só passou do Q1 com o tempo já esgotado (segundos antes de completar sua volta derradeira, estava em 17°), dessa vez fez tempo mais seguro e passou em 6°, com 1min.31s668, já à frente de Alonso, 8°.

A parte final do treino foi marcada pela diferença de qualidade dos carros da Red Bull para seus concorrentes. Tanto Webber, 1°, e Vettel, 2°, só precisaram de 13 voltas em todo o treino para garantir a dobradinha da equipe. Vettel, em sua última tentativa, chegou a passar a primeira parcial com tempo melhor que Webber. Porém, com problemas no kers, que só seria usado em outros trechos da pista ,acabou atrás do australiano.

Massa ganhou uma posição e foi para quinto, enquanto Alonso não fugiu do oitavo lugar.

A largada do GP do Japão será às 3h (horário de Brasília) de domingo

 




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: