full screen background image




Viradouro e Cubango não ganham o título. Paraíso do Tuiuti é a campeã

A Unidos do Viradouro e a Acadêmicos do Cubango não conseguiram o passaporte para voltar ao Grupo Especial em 2017. As escolas terminaram a apuração na 3ª e 6ª posições, respectivamente. A Paraíso do Tuiuti conquistou o primeiro lugar com 269.9 pontos, e abrirá os desfiles da elite do carnaval carioca no ano que vem.  A escola rebaixada para a Série B foi a Caprichosos de Pilares. Os envelopes com as notas dos jurados foram abertos pontualmente às 19h19, na Praça da Apoteose.

A vermelho e branco de Niterói perdeu vários décimos no quesito comissão de frente e alegoria e adereços. Antes confiantes, os componentes da escola e toda a comunidade de Niterói que acompanhou a apuração, ontem, na Praça da Apoteose, e também na quadra da escola, no Barreto, não escondiam a tristeza.  Cerca de 400 pessoas estiveram na quadra da agremiação para acompanhar a leitura das notas. Antes da notas dos jurados, o clima era de apreensão e esperança entre o público que esteve na quadra. Muitos deles já vibravam e mostravam confiança, esperando um bom resultado. Mas não foi dessa vez que a Viradouro voltou à elite do carnaval carioca. Com o enredo “O Alabê de Jerusalém, a saga de Ogundana”, a escola terminou a apuração com 268.3 pontos.

Última escola a desfilar na Marquês de Sapucaí pelo segundo dia de desfilepela Série A, a Acadêmicos do Cubango garantiu a quarta colocação no ranking das escolas de samba da Série A.  Antes do resultado ser anunciado, já não restavam muitas esperanças.  A Cubango, que teve pontuação total de 267.8, apresentou o enredo “Banho de mar à fantasia”, que falava da importância da água. Com 1.700 componentes, a escola coloriu a avenida e transmitiu seu recado de conscientização para o uso inteligente do recurso.

Com o enredo “Palhaço Carequinha: paixão e orgulho de São Gonçalo! Tá certo ou não tá?”, o Tigre arrancou sorrisos do público e coloriu o Sambódromo, com alegorias luxuosas e vibrantes, assinadas pelo carnavalesco Jaime Cezário. A escola fez um excelente desfile e figurava entre as favoritas da Série A, mas a bela apresentação não foi suficiente para que conseguisse o acesso ao Grupo Especial. A Porto da Pedra terminou a apuração com um somatório de pontos de 267.9.

Campeã – A irreverência e o enredo “A farra do boi” encantou o público e os jurados. Com um desfile praticamente impecável, a Paraíso do Tuiuti é a grande campeã do carnaval 2016 pela Série A. A agremiação de São Cristóvão levou 10 em todos os quesitos, exceto em três notas em comissão de frente e alegoria e adereços

A Paraíso do Tuiuti fez do samba um forró e fez o público requebrar a cintura no segundo dia de desfiles da Série A. A escola de São Cristóvão contou a história do beato José Lourenço com o boi Zebu e seu milagre da chuva no sertão.

O enredo, cantado pelos componentes da escola, embalou o público, que cantou junto. A aposta da Tuiuti na adaptação do carnavalesco Jack Vasconcelos foi muito bem recebida e já previa a vaga no Grupo Especial.

Confira a classificação completa:

1º lugar – Paraíso do Tuiuti: 269.9
2º lugar – Unidos de Padre Miguel: 269.2
3ª lugar – Viradouro: 268.3
4º lugar – Império Serrano: 268.3
5º lugar – Porto da Pedra: 267.9
6º lugar – Cubango: 267.8
7º lugar – Império da Tijuca: 267.7
8º lugar – Renascer: 266.5
9º lugar – Inocentes: 266.2
10º lugar – Alegria da Zona Sul: 265.9
11º lugar – União do Parque Curicica: 265.6
12º lugar – Santa Cruz: 265.3
13º lugar – Rocinha: 263.5
14º lugar – Caprichosos de Pilares: 262 (rebaixada para a Série B)




%d blogueiros gostam disto: