Vasco venceu o Bahia em São Januário por 4 a 3 e manteve a liderança isolada

O Vasco recebeu o Bahia em São Januário pela quarta rodada da Série B na tarde deste sábado (28) e venceu por 4 a 3. Thales e Luan abriram 2 a 0 para o Vasco no primeiro tempo. O Bahia reagiu e empatou no segundo com Luisinho e Danilo Pires, mas Nenê brilhou e colocou o Vasco novamente na frente marcando o terceiro e quarto gols vascaínos. No fim, Bruno Gallo marcou contra, descontando para o Bahia.

O Cruz-maltino manteve 100% de aproveitamento e a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, com 12 pontos em quatro partidas. Já o Bahia segue com seis pontos e fora do G4. Na próxima rodada, o Vasco encara o Oeste na Arena Barueri na terça-feira. No mesmo dia, o Bahia recebe o Náutico na Arena Fonte Nova.

Foram os baianos que tiveram o primeiro tiro em gol, mas sem perigo. João Paulo mandou a bola para o ataque, Renato Cajá recebeu e deu de calcanhar para Hernane, que tentou o chute de longe, mas Jordi segurou sem problemas.

Aos 17 minutos, Júlio dos Santos faz lançamento longo e aciona Yago Pikachu na ponta direita. O lateral avança em velocidade, entra na área e encobre Marcelo Lomba com um toque de cabeça. Thalles aparece na pequena área e completa de cabeça para abrir o placar em São Januário. Falha feia do goleiro do Bahia.

O jogo caiu de ritmo na metade da etapa inicial. O Vasco voltou a carga e aos 39 Nenê cobrou escanteio pela direita, Thalles cabeceou, Lomba deu rebote e Luan tocou para a rede: 2 a 0. O Bahia ainda teve sua melhor chance antes do apito final. Feijão trabalhou no ataque e tocou com precisão para Cajá, que entrava pelo meio da área. O meia tirou do goleiro, mas a bola caprichosamente tocou na trave e saiu pela linha de fundo.

O segundo tempo começou a todo vapor. Aos 2, Pikachu recebeu livre na direita e levantou na área. Éder Luís acertou bela cabeçada e Lomba voou para espalmar e ceder o escanteio. Nenê cobrou pelo alto e Luan acertou bela cabeçada no canto, mas João Paulo estava na linha do gol e impediu o terceiro.

Depois de perder muitas oportunidades, o Vasco viu o Bahia iniciar uma reação aos 4. Cajá partiu em velocidade e lançou João Paulo na ponta esquerda. O lateral mandou de primeira para a área, Hernane ajeitou e Luisinho completou para o fundo do barbante. O Bahia chegou ao empate aos 19. Em jogada trabalhada pelo ataque do Bahia, Hernane recebe na entrada da área, abre na direita para Tinga, que levanta no segundo pau e acha Danilo atrás da zaga. O meia cabeceou sem chances para Jordi.

A reação baiana durou pouco, porque o Vasco tem Nenê. Aos 21, Pikachu fez jogada pela ponta direita e rolou para Nenê na entrada da área. O meia ajeitou e soltou uma bomba de canhota para marcar um golaço no ângulo direito de Marcelo Lomba, e colocar o Vasco novamente em vantagem. O mesmo Nenê ampliou aos 33, em cobrança de falta com maestria. Do bico da área pela direita, o meia colocou a bola na gaveta superior esquerda de Marcelo Lomba, que só pôde assistir a bola estufando a rede.

Aos 39, o Vasco teve um pênalti a seu favor, mas Nenê, que havia sido derrubado na área, cobrou com muita força e mandou para fora. Pouco antes do final, o Bahia descontou com um gol contra de Bruno Gallo, após bobeira da defesa vascaína na cobrança de um escanteio.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: