Vasco vence de virada

O Vasco recebeu o Bragantino na tarde deste sábado em São Januário e, apesar de sair atrás no placar, conseguiu a virada por 2 a 1 e conquistou os três pontos na décima sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Rafael Grampola abriu o placar para o Braga no primeiro tempo, e o estreante Éderson e Rodrigo marcaram para o Vasco na etapa final.

O resultado manteve o Vasco na liderança isolada da competição com 35 pontos, e o Bragantino permanece na zona do rebaixamento.

Na próxima rodada, o Vasco recebe o Criciúma no sábado, novamente em São Januário. Já o Braga joga em casa contra o Bahia, no mesmo dia.

O Jogo – A expectativa para a partida desta tarde em São Januário era de vitória do time da casa sem maiores problemas. Afinal, o Vasco era o líder da Série B, jogava diante de sua torcida, e o adversário ocupava a zona do rebaixamento, com apenas quatro vitórias em 16 jogos disputados.

O Bragantino, entretanto, veio disposto a vender muito caro uma derrota, e, para isso, montou um esquema de marcação fechada com três volantes e apenas um atacante.

O goleiro Felipe, velho conhecido por ser ex-Flamengo, foi quem impediu o primeiro gol do jogo aos sete minutos. Andrezinho recuperou a bola na intermediária com um carrinho e a bola ficou com Thalles, que enfiou pelo meio da zaga para a entrada de Pikachu pela direita da área. O meia chutou cruzado e Felipe fez a defesa.

Já aos 17, o Massa Bruta calou São Januário. Falta cobrada da intermediária, a bola é levantada na área e o mesmo Grampola entra pelo meio e perto da marca do pênalti, cabeceia para as redes.

O Vasco tentava pressionar em busca do empate, mas o Bragantino suportava bem a pressão quando aos 37 teve o volante Gabriel Dias expulso, ao levar o segundo cartão amarelo por entrada dura.

O Vasco voltou com novidades para o segundo tempo. O técnico Jorginho sacou Evander e Jomar para as entradas de Rafael Marques e do estreante Éderson.
As mudanças deram resultado e o gol não demorou a sair. Éderson tabela com Thalles, penetra na área, e mesmo marcado, acerta um belo chute pelo alto e empata o confronto em São Januário.

O gol incendiou o jogo. O Vasco, que jogava bem melhor que no primeiro tempo, partiu decisivamente em busca de mais um.

Aos 27, veio o segundo gol cruz-maltino, o da virada. Falta pelo lado direito, Andrezinho levantou na área, e Rodrigo subiu sozinho na frente da pequena área e cabeceou sem chances para Felipe.

Em vantagem, o Vasco passou a valorizar a posse de bola, mas ainda teve chance de ampliar aos 40. Éder Luís puxou o contra-ataque, tocou para trás para Éderson, que viu Jorge Henrique livre na área pela direita. O veterano soltou a bomba, mas Felipe salvou mais uma vez o Massa Bruta.


TAG


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: