Vasco supera o gramado molhado e derrota o Boavista

O Vasco está de volta a zona de classificação da Taça Rio. Contra o Boavista, em São Januário, o Gigante superou a chuva que caiu na Colina História e venceu o rival de Saquarema por 1 a 0 em duelo disputado nesta quinta-feira.

O único gol da partida foi marcado pelo volante Douglas ainda na primeira etapa. Na próxima rodada, o Gigante da Colina enfrenta o Nova Iguaçu, em Moça Bonita. Já o Boavista joga contra a Portuguesa, em Bacaxá. Ambos os jogos serão no domingo.

O JOGO

A partida entre Vasco e Boavista começou com 15 minutos de atraso por conta da forte chuva que caiu em São Januário, pouco tempo antes do começo do confronto. Com o gramado molhado, as duas equipes tiveram muitas dificuldades no primeiro tempo. Apesar disso, o domínio da equipe da Colina foi evidente e os donos da casa conseguiram sair na frente.

O gol do Vasco saiu em um lance que começou com uma jogada aérea. Escudeiro jogou bola na área, Douglas cabeceou, Rafael conseguiu defender, mas soltou, no rebote, o próprio volante vascaíno finalizou, sem chances para o goleiro do Boavista.

Antes do intervalo, a equipe da Colina teve mais uma boa oportunidade. Muriqui disputou no alto com a defesa adversária e a bola sobrou em condições perfeitas para Pikachu, o jogador ficou cara a cara com Rafael, mas exagerou na força do chute e bola subiu demais.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o uniforme trocado: saiu o preto e entrou o branco. Com três minutos, a equipe da casa criou a sua primeira chance. Douglas avançou bem e arriscou de fora da área, levando perigo para o goleiro Rafael.

Aos 18 minutos, o Gigante da Colina teve outra chance clara. Após belo contra-ataque, Nenê deixou Pikachu em ótimas condições, mas o jogador finalizou em cima de Rafael, após passar pela defesa da equipe de Saquarema.

O clube de São Januário também deixava espaços e nos contra-ataques, o Boavista levava perigo. Aos 27 minutos, Cristiano avançou fácil pela esquerda e finalizou na rede pela lado de fora. Cinco minutos depois, um lance que gerou reclamação da equipe de Saquarema. Após cruzamento de Erick Flores, a bola tocou no braço de Douglas, dentro da área, o meia reclamou muito, mas a arbitragem mandou seguir.

Nos últimos minutos, o Vasco passou a tocar mais a bola, fazendo o tempo passar. Sem muitas alternativas, o Boavista até tentou o empate, mas esbarrou na diferença técnica e o Gigante da Colina conseguiu somar mais três pontos.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 0 BOAVISTA

Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Público/renda: 1.852 pagantes (2.088 presentes)/ R$ 52.175,00
Cartões amarelos: Andrezinho (VAS); Erick Flores, Thiaguinho (BOA)
Cartões vermelhos:
Gols: Douglas (19’/1ºT) (1-0)

VASCO: Martin Silva, Gilberto, Rafael Marques, Julio dos Santos e Henrique; Douglas e Andrezinho; Yago Pikachu, Escudero (Bruno Gallo) e Nenê (Wagner); Thalles (Muriqui). Técnico: Milton Mendes.

BOAVISTA: Rafael, Lucas Rocha, Gustavo Geladeira, Anderson Luis e Christiano; Julio Cesar, Thiaguinho, Fellype Gabriel (Erick Flores), Maicon (Tiago Amaral), Mosquito e Marcelo Nicácio (Pedro Botelho). Técnico: Joel Santana.




Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: